Home » Sexo » Dicas de Sexo » Qual o Estilo das Mulheres Mais Propensas a Provar Sexo Anal?

Qual o Estilo das Mulheres Mais Propensas a Provar Sexo Anal?

Você pensa que o sexo anal é como se fosse o unicórnio do mundo sexual – algo sobre o que algumas pessoas falam, mas na realidade nunca fazem? Pense outra vez.

De acordo a um novo estudo publicado no The Journal of Sexual Medicine, uma em cada três mulheres heterossexuais já fizeram sexo anal em algum momento das suas vidas.

Esse estudo analisou dados sobre sexo da National Survey of Family Growth (Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar) dos Estados Unidos e focou especificamente em uma amostra representativa de 10.463 mulheres sexualmente ativas com idades entre 15 e 44 anos.

Os pesquisadores descobriram que 36,6% das mulheres que participaram disseram que já fizeram sexo anal pelo menos uma vez em suas vidas.

Aparentemente elas não gostaram tanto assim, porque apenas 13,2% disseram que haviam feito nos últimos 12 meses. Mas havia um “estilo” mais propenso a fazer sexo anal.

Mulheres em seus vinte anos de idade que não seguem nenhuma religião são mais propensas a fazer sexo anal

Mulheres em seus vinte anos que não seguiam nenhuma religião e com maior grau de formação e maior renda eram mais propensas a fazer sexo anal, de acordo com a pesquisa.

Também foi visto que era algo mais comum entre as mulheres casadas ou que viviam com os seus parceiros em relação às solteiras. Os pesquisadores, no entanto, também descobriram que era igualmente comum entre raças e etnias.

Houveram outros fatores que sugeriram que uma mulher era mais propensa a fazer sexo anal do que outra:

  • Ter tido relações sexuais com outras mulheres;
  • Ter tido uma gravidez não desejada;
  • Para não perder a virgindade antes dos 16 anos de idade;
  • Ter feito algum tratamento devido a uma infecção sexualmente transmissível no passado.

Mas no geral, qual o estilo de mulher fez mais sexo anal nos últimos anos?

Mulheres que tinham um parceiro fixo e não eram religiosas.

Os pesquisadores também descobriram uma tendência preocupante: As mulheres eram significativamente menos propensas a usarem preservativos na hora do sexo anal em relação ao sexo vaginal, colocando-se em maior risco para contrair alguma DST (doenças sexualmente transmissível).

Embora seja divertido saber que cada vez mais casais “sérios” estão provando dessa “brincadeira”, há algo importante para se levar em consideração: Se você já fez sexo anal ou tem interesse em provar, use camisinha.

A gravidez pode não ser uma preocupação nesse caso, mas você ainda pode se contaminar com uma enorme quantidade de DSTs durante o sexo anal.

Que tipo de mulher já aceitou fazer sexo anal ao menos uma vez com você? Quantas vezes você já fez sexo anal com sua parceira? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (30 votos, média: 4,13 de 5)
Loading...

52 Comentários

  1. Tenho uma amante (que é casada) há 5 anos e ela curte muito anal (sem contar que ama engolir minha porra). Tenho 39 e ela 24, portanto desde os seus 20 anos eu meto naquele cuzinho. Demorou bastante, mas sempre tentamos anal, primeiro porque ela sabia que eu gostava e depois, porque ela queria se realizar, ser uma “puta” na cama. A primeira vez aconteceu nos muros de um prédio onde eu trabalhava. Ela toda dengosa, me abraçando, depois de eu ter gozado muito na buceta dela e aí eu resolvo acariciá-la, lambendo-a e tocando-a. Aí começo a tratar bem o seu rabinho, dando aquela lambida e colocando o dedo nele e em sua buceta. Até que ponho meu pau na entrada de seu rabinho e ele desliza tranquilamente. Eu queria ter continuado a fuder aquele cu no muro, mas como ela gemia muito e havia um prédio vizinho, cujas janelas eram viradas para esse muro, a levei à sala de reunião. Pus um colchonete no chão e comecei a meter naquele rabo gostoso até gozar tudo dentro dela. Eu já tinha feito anal em outras mulheres, inclusive numa ex-mulher, no entanto, nunca uma gemeu como aquela moça.

    Depois dessa vez, ela viciou. Já chegou ao ponto de passar no escritório só pra eu meter em seu rabo, dentro de um banheiro. Abaixando a calcinha e calça e me fazendo fudê-la e tocá-la até que gozássemos. Nesse dia gozei tanto que até escorreu pra fora.

    Recentemente, depois de meses sem nos vermos, ela apareceu lá no escritório e, mais uma vez, depois de eu tê-la masturbado pra caralho, e bem gostoso, ela pediu pra eu comer seu cuzinho, de ladinho, em cima da mesa. Eu pus e após meter muito, ela pediu que eu gozasse no seu rabo. Depois disso, ela se pôs a sentar em meu pau e a gozar duas vezes seguidas, me enfeitiçando com aquele sorriso enquanto goza.

  2. Sempre faço anal na minha esposa e ela adora , prefere até pq diz que goza mais , se alguma mulher Aki quiser trocar experiências mandem e-mail no e-mail [email protected]

  3. Amo usar plug anal preso com calcinha fio dental,fico com o plug preparando para dar o cu,a visão da pedra brilhante no cu deixa o homem excitado, é jóia fina e linda,vai aumentando gradativamente até que o cacete grosso e grande entre.Comprem meninas vcs vão amar, é geladinho de metal ,façam ducha higiênica antes,para rebolar de quatro com a jóia no cu, enquanto chupam seu homem.Gozar no anal é uma delícia,engolir a porra também,demorem bastante tempo,sirva seu homem ele terá cuidado.Ensine gradativamente a cuidar de seu cu bem gostoso, você domina .Tirei fotos e filmei ,fica realmente lindo e glamouroso.Beijos meninas e gozem gostoso com seu príncipe encantado que a comam maravilhosamente.Sabor da porra de um homem excitado é inesquecível.

    • Oi Cris, que bom encontrar alguém como vc, que sabe apreciar os prazeres do sexo anal. Vamos tentar conversar um pouco sobre isso. Deixo um email pra vc entrar em contato.
      [email protected]

    • Eu pratico e vez quando com minha esposa e ela gosta muito,
      Uma coisa que ela gosta e de ser chupada com o dedo no cuzinho eu faço ela gozar duas vezes em seguida.

      • Querida fico feliz de ver uma mulher cabeça aberta assim sobre sexo anal gostaria de te conhecer e ver as fotos e vídeos que vc falou talvez minha namorado se convença que quero só dar prazer pra ela no Anal
        Quando chupo ela e dou lambidinhas no cuzinho ela pede pra eu por um dedo mas só goza na minha boca quando eu coloco o segundo dedo
        Sou louco pra colocar meu pau nela mas ela não deixa mesmo
        MEU e-mail [email protected]

  4. Tenho 61a, ate os 54a nunca havia praticado sexo anal sempre tive muito medo de ser considerada uma vagabunda e passar a ser desprezada pelo meu marido se fizesse, mas depois que me separei encontrei um parceiro maravilhoso que me convenceu a experimentar, ele foi muito gentil e carinhoso, me conduziu a este novo universo, no inicio as dores eram fortes porque eu não sabia relaxar, mas em pouco tempo aprendi e desde então sempre faço anal, consigo orgasmos maravilhosos com contrações fortíssimas e sou elogiada pelos meus parceiros, e tem mais antes eu tinha muito intestino preso agora funciona bem demais.

    • Você deveria dar estes conselhos a minha mulher, nunca consegui convencer ela a nem a tentar.
      Beijao

      • Seja Paciente, espere o tempo dela, espero que ela não demore muito, como eu fiz e me arrependo ate hoje.
        Talvez o problema dela seja como o meu, medo , ter vergonha sobre que você vai pensar dela depois eu imaginava que ele ia me achar uma puta , hoje sei que não é assim.

    • Oi Teresa, que bom encontrar alguém como vc, que sabe apreciar os prazeres do sexo anal. Vamos tentar conversar um pouco sobre isso. Deixo um email pra vc entrar em contato.
      [email protected]

    • Sou casada, tenho 27 anos e comecei a fazer anal aos 12, como as meninas da época e do local onde morava. Sempre tive muto tesão no bumbum, colocava os dedos, objetos, cenouras mas a maior sensação foi mesma quando dei pela primeira vez para um coroa que morava perto e me penetrou profundamente deixando meu cu ardido mas satisfeito e com mais vontade ainda rsrsrsrsrs. Hoje faço com o marido praticamente tdos os dias e graças a Deus ele é do tipo mega dotado me deixando quase maluca de tanto prazer, Tenho um bumbum (quadril) com 132 ctms o que me rende alguns comentários na praia e as vezes até nas ruas quando uso roupas mais sexys rsrsrsrsr. Mas adoro fazer anal e uso sempre bons lubrificantes.

  5. Ricardo Gomes Gonçalves

    Como o cu da minha esposa desde quando começamos a namorar. Coloquei na cabeça dela que era difícil a gente continuar, principalmente eu, que era acostumado a dar uma trepadas por semana, sem gozar. E eu não queria procura outra. Ela disse que era muito nova para ter filho, se caso ficasse grávida. Ela tinha 16 anos e eu 17. Foi quando eu expliquei pra ela o sexo anal, não correria nenhum risco. O primeiro teste não foi bom pra ela, tinha que ser na sala da casa dela, quando não tivesse ninguém, mas eu não tinha lubrificante ideal, foi no cuspe mesmo e aproveitando a oportunidade lubrifiquei minha pica e pedir pra ela sentar, ela muito nervosa, sentou com força e no mesmo tempo deu pulo murmurando: uiuiuiuiuiuiu! Realmente era muito fechadinha e o cuspe não foi suficiente para a lubrificação. Pensei que ela não tentaria outra vez, mas sentir que gostava muito de mim. Outra conversa nela, aceitou ir na casa do meu irmão depois da aula, pois eles estavam trabalhando e e me ajudaram por acreditar que nós nos amávamos muito. Quase tive um peripeque quando vi minha namorada nua, toda tímida e envergonhada. Tudo certinho. Sem exageros, a bundinha parecida duas maçãs grudadas uma na outra, sua boceta um risco vermelho com penugens rasos, ela tremia. Foi quando disse pra ela, vou cuidar de você, você vai ser um patrimônio meu e eu seu. Tudo que for bom pra mim será pra você também. Ela me beijou e nós ficamos num amasso de beijos por vários minutos e pude perceber, que ela já estava toda molhadinha e envergonhada quando abrir os seus pequenos lábios. A levei ao banheiro da casa e ali tomamos um banho a dois. Na cama abrir bem sua pernas lindas e comecei um seção de sexo oral somente linguando o seu pequenino clitóris e logo sentir o fogo na minha criança. Gozou, uma, duas e três vezes, e ficou encabulada pelos gritinhos que dera, pedir pra ela ficar tranquila, era assim mesmo, com gritos e sussurros, se não não tem gozo. Preparei então a entrada da minha pica naquele cuzinho tão pequeno e fechado botão vermelho, dei mais uma abridinha na sua bocetinha e constatei a virgindade intacta. Gente pra não levar mais tempo, vou acelerar. lubrifiquei o 1º dedo, depois o segundo e depois o terceiro, abria, mas não muito e ela gemia e dizia que estava doendo, não aguentei mais. Lambuzei todo o cuzinho dela e minha pica e fui empurrando, mas não me contive, sentir que foi quase a metade do pica pra dentro e ela gritou, urrou e pulou da cama. Com as mãozinhas tapando a bundinha e dizia pra mim, tá queimando! Corri e pequei o ventilador, era o que veio na minha mente. Liguei e pedi pra ela ficar de quatro, acho que a dor era tanto que ela não teve mais vergonha de nada e arreganhou o rego do cu, enquanto o vento do ventilador suavizava. Quando sentir que tudo tinha passado, a peguei em meus braços e foi ajudando a se vestir, podia a qualquer momento os donos da casa chegar e nos pegar completamente nus na sala da casa. A beijei e ela quietinha, não me culpou de nada, ao contrário. Me pediu desculpas e disse que na próxima vez tudo ia dar certo. Quero que vocês aguarde a próxima vez.

  6. Faço parte do “clube masculino” de adoradores de tudo relacionado à “região glútea” feminina.. na verdade, adoro tudo e cada pedacinho do corpo feminino, mas como o tema aqui é sexo anal, vou focar no assunto..
    Então, tenho 38 anos e já tive 9 relacionamentos estáveis – contando namoros, amizade colorida, ficantes mais ‘duradouras’, etc. Infelizmente – ou não! -, nas duas vezes que pensei que casaria, acabou não acontecendo.. Mas, voltando ao tema.. em todas essas relações – e em inúmeras outras casuais – sempre rolou sexo anal. Algumas vezes demandando mais ‘trabalho’ meu e outras, por iniciativa delas mesmo..
    Acredito que o “segredo” é transmitir à parceira tranquilidade de não ser julgada jamais, segurança de que sempre terá os seus limites respeitados, cumplicidade para buscarem os prazeres e desejos mútuos e química sexual. Com esses ingredientes o sexo anal é garantido.. e a pedido dela!!
    Aliás, sempre tem que ser a pedido dela… SEMPRE.. jamais deve-se pedir anal para uma mulher,. Cabe ao homem criar o desejo, receber o pedido e dar a ela o que ela deseja!
    Abraços aos amigos e beijos às amigas.

  7. Eu ja comi 7 vezes o cu da minha mulher e aultima vez que ela me deu ela falou no meu ovido que adora dar o cuzinho, meio com vegonha mais disse adoro dar o cu e falou que sente tesão.

  8. Não sei se tem haver minha namorada de 49 anos parece que tem 35 anos bem novinha pele lisinha, ela adora dar o cu, e goza varias vezes quando estou socando no cuzinho dela (que delicia)…quando eu gozo na boca dela ela engole tudo…tenho 35 anos…ela gosta tanto de anal que as vezes agente faz a noite inteira…o prazer mais gostoso que tive foi quando ela gozou com muita intensidade com meu pau dentro do cu dela eu parei de socar e fiquei sentindo as contrações dela gozando o cu dela piscando apertando meu pau não resisti gozei em seguida enchendo o cu dela de leite,hummmmmm……rsrs.
    Entenda uma coisa: existem mulheres que fazem sexo anal e exitem mulheres que dá o cu…essas são as melhores a entrega no ato de prazer é diferente topa fazer em qualquer posição…ou seja tem mulher que sabe dar o cu…kkk

  9. Quer de verdade uma mulher que de o cuzinho, goste e goze? Tem que dar o beijo grego ou cunete…tem que ter que gosto nisso e terá uma mulher que se abrirá como uma flor…todas que fiz ficaram viciadas em anal…é infalível…é um processo de doma do cuzinho…todas cedem, sem medo e com paixão…

  10. Aeeeeeeee… Consegui ! Ela deixou, Ela gostou, e disse que é muito bom, gozou 2 vezes das 3 vezes que fizemos em uma semana, no começo ela não queria não, depois deu a oportunidade, pq queria me agradar, demorou mais pq exige tecnica paciencia ecarinho.

  11. Eu e minha esposa já praticamos algumas vezes ela gosta de ser chupada com o dedo no C* já gozei algumas vezes dentro ela gosta.

  12. Eu tenho 25 anos e nunca consegui fazer anal, acho q dói e talvez n seja tão prazeroso…

    • É muito bom verá se vê quiser eu te mostro

    • Oi Vera,

      Tem que ser com muito carinho e paciencia. Hoje é o que mais a gente faz. Se voce quiser podemos te ajudar, nos escreve.

      Depois esclarecemos mais.

      Clau, no email [email protected]

    • Fatima Mendes

      Vera, se vc usar um bom lubrificante vai conseguir sim e terá uma surpresa agradabiilíssima, porque o sexo anal é bom demais. Eu mesma faço desde os 12 anos, tenho 27 hoje e me considero viciada já que tenho muitos e muitos orgasmos diferentemente de quando, raramente, fazemos vaginal.Compre nas farmácias KY ou K-Med, lubrificantes a base de água que saem fácil no banho e não deixam marcas ou manchas na calcinha além de proporcionar uma penetração suave, macia e muito gostosa. Vc põe em si mesma, enfiando para dentro do ânus com os dedos e passa tmb nele. Tenho muitas amigas tmb casadas que fazem anal usando um desses lubrificantes. Posso lhe garantir que depois das primeiras vezes, vc não vai querer parar mais de fazer. Bjos e felizes gozadas anais.

      • Eu uso plug anal ,tem uma jóia linda ,deixa o homem doido em olhar o cu com uma plug de jóia e vc chupando ele enquanto rebola com a jóia no cu.Faz uma boquete gostosa,engole a porra todinha,depois troca a joia por uma maior sempre com lubrificante a base de água,usa plug com vibrador para gozar,eu gosto que segure e de tremidas rápidas , enquanto sou puxada no seio por correntes presa ao mamilos e apanho na bunda de chicote.Gozo gostoso e já dou a buceta para gozar de novo.Amo chupar meu marido,ser chupada enquanto ele coloca o plug,presenteie seu homem .E prove uma técnica maravilhosa.Amo dar a buceta com plug no cu ,prepara para o cacete gostoso entrar.O segredo é rebolar bastante com o plug,de quatro chupando seu homem.

      • Oi linda, que bom encontrar alguém como vc, que sabe apreciar os prazeres do sexo anal. Vamos tentar conversar um pouco sobre isso. Deixo um email pra vc entrar em contato.
        [email protected]

  13. Tenho 36 anos e eu transo com uma moça de 19 anos. Ela é noiva e, geralmente, tem pouco tempo. Costumo transar com ela no escritório em que trabalhamos. Ela viciou em me dar o cu. Já a comi em cima de uma mesa, que ela diz ser a coisa mais louca que já fez. Diz que só dá o cu para mim, porque quando tentou fazer com o noivo, ele não fez direito. Ela quer que eu arrume uma colega, quer transar a 3. Mas sou tímido pra encontrar outra mulher e as que conheço que topariam estão em relacionamentos sérios, agora.

    • O detalhe que esqueci de acrescentar é que ela é professora de catequese. Logo está fora do padrão “não-religioso” da pesquisa.

  14. Olá meu nome Edi Freitas, eu também adoro sexo anal, gosto de dá umas lambidas e boas chupadas na bocetinha bem gostosa no cuzinho, pra ele ficar bem excitado, antes da penetração, pena que minha mulher não gosta, nem de falar em sexo anal, sou obrigado há namorar outras bundinhas fora de casa pra satisfazer meus desejos. qualquer mulher que goste de um gostoso sexo anal, e boas chupadas na boceta, pode me procurar no FACE, como edifreitas, ou no email: [email protected] que terei o maior prazer em realizar seus desejos

  15. olá galera , tenho 30 anos adoro sexo anal e umas das minhas fetiches mas apesar de gostar muito só fui duas vezes esse é o lado ruim de per um penis um pouco grande e grosso , isso assusta um pouco na hora de sexo anal .

  16. Faço sexo anal com minha esposa desde a época de namoro fazem 22 anos, a primeira vez foi ela quem me pediu para experimentar, desde então nunca mais paramos, nunca usamos camisinha,hoje ela tem 49 anos e tem uma bela bunda, sem estrias, celulite, é lisa macia e durinha. Sempre gozei dentro, ela sente muito prazer, goza muito e fica toda arrepiada e se estremesse toda quando estou gozando.
    Fazem alguns anos que eu gozo apenas na boca e no anus, engole todo o esperma, logo sua pele e muito bem conservada, não tem rugas e flacidez.

  17. Muito bom sexo anal. Minha mulher prefere anal do que vaginal e goza muito, muitas vezes mesmo antes que eu, logo na introdução. Ela faz sexo anal desde os 16 anos e quando casamos continuou fazendo.

  18. Adoro comer um cu ,adoro fazer anal ,dar beijo grego ,deixar o anus todo lambuzado para enfiar meu pau.

  19. Eu achei interessante…apesar de nao ter esprementado

  20. Eu adoro sexo anal.
    Custumo ter muito prazer e até gozar pelo ânus..

    • Caralho… Até hoje só minha ex mulher gozava quando eu comia o rabinho dela. Hoje como outra, gosta de dar o cuzinho e me gozar dentro do rabo dela. Mas nunca gozou pelo cuzinho.

    • Nossa Morena, minha esposa não quer nem saber de anal. Gostaria muito de experimentar, mas já soube que várias mulheres tem esse prazer, mas ela não quer saber.

    • Oi Morena, que bom encontrar alguém como vc, que sabe apreciar os prazeres do sexo anal. Vamos tentar conversar um pouco sobre isso. Deixo um email pra vc entrar em contato.
      [email protected]

    • Morena você é o meu sonho…tive uma namorada como você mas infelizmente tive que terminar com ela…descobri que ela era casada…sinto saudades não só do sexo mas da pessoa, companhia dela…em fim é a vida que segue….Estou há mais de 1 ano sem socar em cuzinho…rsrs…

  21. Adoro sexo anal !

  22. Com cuspe e com jeito, não existe buraco estreito USHUSAHSAUHAUHASUHSAUH

  23. Eu acho isso muito prejudicial pra a mulher.

    • Concordo com vc .. O prazer nesse caso nao compensa

      • Desculpe, o prazer sempre compensa o único problema é a falta de cuidado observado em todos os casos. Não aceito a justificativa de que não dava tempo de cuidar da higiene nesses momentos, você justifica que não teve tempo de cozinhar e preparar o alimento na hora em que estava com fome?…

    • Eu acho isso muito interesante

    • O único prejuízo é a falta de cuidado. o sexo oral pode ser muito mais prejudicial se feito sem cuidado. o importante mesmo é tudo deve ser feito em comum acordo mas sempre com muito cuidado. Higiene é a base de toda boa saúde…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *