Dominatrix

10 Incríveis Formas de Sexo Bizarro

[AVISO: contém material adulto que não é seguro para o ambiente de trabalho]

Sexo foi chamado de muitas coisas: Imoral, uma benção de Deus, ilegal, natural, divertido, excitante e uma experiência de união. Foi até chamado de estranho. Esses 10 atos, no entanto, são MAIS que estranhos: Eles são bizarros! Então agora apresentamos para vocês as 10 práticas mais incríveis de sexo bizarro. Essa lista contém um pouco de texto desagradável e alguns xingamentos! A única maneira que isto poderia um dia ser seguro para o ambiente de trabalho é se você trabalhar como espetáculo de circo. Os itens da lista não seguem nenhuma ordem particular.

parceira fingindo orgasmos

Agalmatofilia

agalmatofilia

Agalmatofilia é uma parafilia focada na atração sexual por estátuas, bonecas ou outras figuras decorativas. A atração pode incluir o desejo por contato sexual com objetos, uma fantasia de ter relações sexuais (ou não sexuais) com versões animadas ou inanimadas de seus objetos preferidos, o ato de ver encontros entre os objetos, ou prazer sexual derivados de ideias de ser transformado ou estar se transformando em seu objeto preferido. Agalmatofilia pode também incluir pigmaleonismo, que descreve um estado de amor por um objeto de criação própria.

Nyotaimori

Nyotaimori

Nyotaimori (apresentação do corpo feminino) normalmente se refere aos “sushis eróticos”, é a prática de comer sashimi ou sushi do corpo de uma mulher, tipicamente nua. Nantaimori se refere à mesma prática usando modelos masculinos. Este fetiche sexual é uma subdivisão de brincadeiras com comida. Como resultado de ser servido no corpo humano, a temperatura do sushi ou sashimi se aproxima da temperatura do corpo.

Antes de se tornar um prato de sushi vivo, a pessoa é treinada a ficar deitada por horas sem se mover. Ela e/ou ele devem ser capazes de também aguentar a exposição prolongada a comida fria. Pelos corporais, incluindo os pelos púbicos, são todos raspados, pois a demonstração de pelos púbicos pode ser vista como um ato sexual. Antes do serviço, o indivíduo toma um banho usando um sabonete especial sem cheiro e termina com uma ducha de água fria para abaixar a temperatura do corpo um pouco para receber o sushi.

Ponyplay ou Jogo do Cavalo

Ponyplay

Ponyplay é uma forma de sexo bizarro que inclui um pônei e um cavaleiro no bondage. O pônei normalmente é vestido com amarras, uma sela de couro, cabresto, rédea e uma embocadura. O cavaleiro, normalmente se utilizando de uma chibata ou chicote, ou é puxado em um carrinho ou cavalga diretamente o pônei. O tema principal tema dessas interpretações de animais é normalmente a redução (ou transformação) voluntária ou involuntária do ser humano para um status animal e o foco é no estado de mente alterado. Os exemplos mais comuns são provavelmente canídeos (filhote, cão, lobo), felinos (gato, filhote, leão) ou equinos (pôneis, cavalos).

aumente 300 porcento

Fantasias Canibais

Canibais

Essas fantasias são bastante autoexplicativas. No site Deviant Desires (baseado no livro de mesmo nome), Katharine Gates explica que algumas pessoas trazem essas fantasias para sua vida em interpretações consensuais. Um de seus amigos “…pintou o corpo nu de uma mulher com linhas pontilhadas para representar os cortes de carne.” Um site da internet de muito bom gosto, Muki’s Kitchen, tem fotografias de modelos femininas amarradas em panelas cheias de vegetais, e recheadas de maçãs e cenouras em todos os orifícios disponíveis. Portanto, alimentação erótica, brincadeira com bagunças, amarras, mordaças e penetração vaginal e anal podem ser incorporadas nessa prática de sexo bizarro.

Pseudonecrofilia

Pseudonecrofilia

Ao contrário da necrofilia real, essa é permitida (não que isso seja uma coisa boa)! É bem simples na verdade: um parceiro fica em silêncio (…algo que todos nós gostariamos…) e parado, enquanto o outro faz sexo com ele/ela. Para um maior realismo, os parceiros “pseudo-mortos” podem ficar em água fria por um tempo antes do ato! Essa prática de sexo bizarro em particular ganhou alguma notoriedade, devido a sua apresentação na série “Law and Order: Special Victims Unit”.

Salirofilia

Salirofilia

A próxima forma de sexo bizarro é a Salirofilia, um fetiche sexual ou parafilia que envolve derivar prazer erótico de sujar ou bagunçar um objeto de desejo, normalmente uma pessoa atraente. Pode envolver rasgar ou danificar as roupas, cobri-las de barro ou sujeira, desarrumar seus cabelos e maquiagem. O fetiche não envolve machucar ou ferir o sujeito, apenas sua aparência. O fetiche às vezes se manifesta com a destruição de estátuas ou fotografias de pessoas atraentes, especialmente celebridades. O fetichista acha isso sexualmente excitante, ao invés de apenas vandalismo. Eles normalmente criam coleções de arte destruídas para aproveitar no futuro.

Mumificação

Mumificação

Mumificação é uma forma de sexo bizarro como uma prática de amarração, envolver e prender o corpo de uma pessoa viva, de uma maneira que não cause ferimentos o envolvendo da cabeça aos pés, ou do pescoço aos pés, em materiais como papel filme, tecido, bandagens, faixas de borracha, fita adesiva, ataduras de gesso, sacos corporais ou camisas de força. O resultado final é uma pessoa completamente imobilizada e parecendo uma múmia egípcia. Eles então podem ser deixados presos em um estado de privação sensorial por um período de tempo, ou estimulados sensualmente nesse estado de amarração, antes de serem liberados de suas amarras.

Autopederastia

Autopederastia

Autopederastia é o ato quase impossível de colocar o próprio pênis ereto no próprio ânus. Sim. Apenas uma pequena porcentagem de pessoas consegue fazer essa forma de sexo bizarro, mas é possível. Existe um filme pornô chamado “Vá Se Foder” que é dedicado a este ato, até o ponto de instruir as pessoas como fazer isso. NOTA: Existem duas outras variações mais comuns: Autofelação é quando um homem dá a si mesmo sexo oral, então existe o autocunilingus onde uma mulher se dá sexo oral.

Emetofilia

emetofilia

Também conhecido como vômito erótico.

preliminares versao clara

Fale sobre colocar as coisas para fora! Obviamente as palavras “erótico” e “vômito” não são normalmente usadas juntas. No entanto, eles têm similaridades. Ambos liberam um hormônio de liberação que te faz sentir melhor, ambos são causados por estímulos, e para os homens ao menos, ambos envolvem ter fluidos expelidos por um tubo através de um orifício.

A primeira diferença é que a maioria das pessoas não associa vomitar com uma experiência prazerosa. Dr.Robert J. Stoller,  sexólogo e psiquiatra renomado discorda, e aqui ele discute o caso de três mulheres. A primeira mulher não pratica o vômito por si mesma, ao invés disso: “Eu posso alcançar um orgasmo certo imaginando alguém vomitando de uma maneira forte e humilhante(…).”. A segunda mulher efetivamente experiencia o orgasmo quando vomita, a terceira e última mulher descreve desta maneira: “(…)Vomitar para mim é como …um orgasmo no qual eu estou tensa, eu sinto… uma onda intensa de bons sentimentos quase continuamente através do vômito e sinto um relaxamento e um calor silencioso em meu corpo quando termino. Não é idêntico a um orgasmo. Eu não sinto isso intensamente apenas em meus genitais, mas eu também sinto lá e em todo o meu corpo e…em minha boca…”. NOTA: Existe também uma prática conhecida como “Banho-Romano”, que é ficar excitado se alguém vomitar em você.

Teratofilia

Teratofilia

Teratofilia é a atração sexual por pessoas deformadas ou monstruosas. Uma versão da teratofilia é a acrotomofilia, a atração sexual por amputados. Material erótico considerável tanto de fontes comerciais como amadoras são publicados aparentemente focando em pessoas com este tipo de atração sexual. Pessoas que são atraídas por amputados em particular dizem estar participando de fetichismo com amputados.
[sc:muito-bom-de-cama-depois-artigo]

Qual dessas formas de sexo bizarro mais te assustou? Você conseguiria ou conhece alguém que teria prazer com alguma delas? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (4 votos, média 4,75 de 5)
Loading...
triplique mulheres lindas

Um comentário

  1. Gente!!!! É cada uma, minha nossa senhora….. Não dá pra se excitar com nada disso cara!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.