Pedido de casamento

Os 7 Piores Jeitos de Pedir Alguém em Casamento

Sempre chega aquele momento na vida em que você encontra a pessoa certa e quer ter uma vida em comum – ao menos para a maioria dos caras. E todo mundo fica um pouco emotivo nesses momentos, pensando em como tornar um pedido de casamento inesquecível. Então, muito cuidado nessa hora! Há muitas maneiras de fazer um pedido, mas algumas delas são realmente péssimas.

Confira, a seguir, o que não fazer (e evite o constrangimento, embaraço, ou ainda aquele terrível “não”).

1. Cercado por dezenas de estranhos

Caro amigo… Qual o sentido de fazer um pedido de casamento em meio a pessoas que você e sua namorada nunca viram na vida? Vontade de aparecer? Um pedido desses não deve envolver estranhos, mesmo como espectadores. Quando há muito exagero no pedido – em meio a uma partida de futebol ou no shopping – parece que você quer mais é se destacar no meio desse show. Claro, se vocês dois são fanáticos e torcem para o mesmo time, então a ideia do estádio até faz sentido.

De qualquer forma, a situação é séria e você deve falar o que sente para a sua namorada de forma que ela possa entender cada palavra. No meio de um tumulto, digamos que isso não será possível. A menos que você esteja com mais vontade de aparecer no Youtube do que casar, esqueça o pedido em forma de espetáculo.

2. No ambiente de trabalho

Sim, já ouvimos relatos de pedidos feitos em salas de conferência via PowerPoint. Por meio de anúncio em redes sociais. E não, não deu muito certo. A linha certamente é tênue, mas lembre-se; trabalho é trabalho, vida particular é vida particular. Sabemos que eles se misturam com frequência, mas pare para analisar a situação. Some um apresentação em PPT a alguns colegas de trabalho como público e você realmente cruzou a linha. Isso não é nada romântico. Parece mais um item a ser cumprido em sua lista de tarefas. O casamento é parte de sua vida pessoal, então a proposta deve seguir a mesma linha.

3. Em meio aos amigos ou família

Ok. Você deseja compartilhar essa imensa felicidade que é o seu noivado com aqueles mais próximos a vocês. Mas que tal fazer isso depois do pedido romântico? Novamente, vamos tentar deixar claro: uma proposta dessas é uma experiência íntima, privada, do casal. Ou seja, não é uma boa ouvir o pai ou a irmã sussurrando ao fundo.

4. Sem conversar com alguém antes

Sério: alguém deve estar ciente de que esta proposta será feita. É uma boa ideia sondar amigos ou parentes de sua namorada, por algumas razões simples. Em primeiro lugar, se você estiver exagerando completamente com esse grande passo, é provável que um amigo próximo ou membro da família perceba isso.

Em segundo lugar, a maioria dos pais gostam de serem consultados e a sua namorada ficará feliz ao descobrir que você pediu a mão dela. Por último, a menos que você seja especialista em jóias, provavelmente precisará de alguma ajuda para escolher a aliança certa, não é mesmo? Assim, evita escolher um anel horrível que não sirva no dedo dela.

5. Uma surpresa inesperada

Sinto lhe informar, mas estamos no mundo real e não em um conto de fadas. Se você ainda não teve uma conversa honesta sobre o que ambos desejam para o relacionamento, talvez tome um fora homérico. Então, esse é um assunto que deve permear a relação do casal. Se vocês nunca falaram sobre isso, não é uma boa arriscar do nada.

6. No meio da comida

Convenhamos… Anéis de diamante escondidos em pãezinhos ou no bolo de chocolate fizeram sucesso há algumas décadas. Hoje em dia, a ideia soa simplesmente tosca. Você consegue fazer melhor do que isso, certo? Deixe a comida para satisfazer apenas o paladar e pense em uma forma mais adequada de dar o anel à sua amada.

7. Remotamente

Seja qual for o método que você escolher, é melhor estar lá – pessoalmente – quando fizer o pedido. Isso significa: esqueça mensagens de vídeo, coisas escritas no céu enquanto ela está na praia com amigos, vídeo-conferência… Nada de fazer o pedido por meio de um amigo, membro da família ou animal de estimação, por favor!

Se vocês não puderem ver um ao outro nesse momento, quando você fará a pergunta mais importante dos próximos 50 anos, que tipo de casal vocês formam? Se não puder abraçar a sua amada quando ela diz sim (dedos cruzados!), então está no caminho errado. Ou seja, pode cancelar aquele envio de mensagem por pombo-correio.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Como você pensa em pedir sua namorada em casamento? Se já o fez, como foi esse momento? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*