Heidelberg

Os 10 Piores Produtos Já Criados Para os Homens

Apesar de muito já ter sido falado sobre as propagandas sempre terem direcionado seus produtos às mulheres, mirando nas suas inseguranças, os homens também não estiveram imunes a investidas similares. Apesar de nos preocuparmos menos com os nossos pés de galinha que as mulheres, existem muitas coisas que fazem os homens sentirem-se inseguros. Na esperança de ganhar dinheiro com isso, alguns produtos completamente malucos já nos foram ofertados, e aqui vão os 10 piores produtos já criados para os homens:

1. Produtos para Perda de Cabelo

Os sinais indicadores de queda de cabelo na pia do banheiro podem preocupar bastante até mesmo os homens mais confiantes de todos. As empresas reconheceram isso há muito tempo e comercializaram centenas de diferentes produtos a fim de parar, retardar ou cobrir a queda de cabelo. De implantes a perucas, nenhuma delas adquiriu o efeito desejado de início. Observe aqui alguns dos piores produtos já inventados para a perda de cabelo:

Cabelo numa Lata de Aerosol

O spray desta latinha é feito de minúsculas fibras que cravam em seu couro cabeludo e fazem o cabelo crescer. É só jogar o spray por toda a sua cabeça e, de repente, todos os pontos de careca desaparecem e seu couro cabeludo estará cheio!

A ideia por trás desse spray é ajudar os carecas inseguros a se sentirem mais confiantes. Mas pode haver algo pior para a auto confiança do que se preocupar com uma espontânea chuva ou um suor que possa jogar por água abaixo todo o seu cabelo?

Capacete a Vácuo

Esse largo instrumento (que pode ser comprado para uso caseiro) operava no princípio de que sugando mais sangue para o seu couro cabeludo, o seu cabelo iria crescer mais saudável e forte, e estaria sendo prevenida a queda dele. Uma mangueira presa a um capacete na sua cabeça com o poder de sucção…

Peruca para Cabelo no Peito

Peruca para PeitoralEnquanto alguns homens raspam ou retiram a laser todo o pelo do peitoral para um visual mais clean, outros, naturalmente lisos na região, gostariam de adquirir um peitoral mais cabeludo para traduzir virilidade. Para esses caras, a peruca para cabelo no peito foi inventada. Disponível nas cores preta, marrom ou cinza, essas peças são feitas de cabelo humano real.

Como que se aplica essa coisa? Com cola, fita adesiva? De qualquer forma, ele é perfeito para o seu público alvo: homens de meia idade que gostam de usar camisas desabotoadas que sentem falta de um tufo de cabelo saindo por ali, para complementar suas correntes de ouro.

2. Produtos para a Próstata

Outra área em que diversos homens se sentem inseguros é a sua proeza sexual. Algumas das mais loucas invenções foram fabricadas para ajudar na libido masculina.

O Aquecedor de Próstata

Inventado em 1918, essa ferramenta prometia “estimular o cérebro de baixo”. Não dá para ter certeza sobre o que isso quer dizer, apesar de que os homens sempre foram acusados de pensar com isso. O dispositivo consistia numa sonda de 10cm de comprimento que prendia-se na parede e era inserida no reto. Quando ligado, uma luz azul acendia para avisar que estava funcionando a reestruturação da sua vitalidade masculina.

Protetor de Testículos Radioativo

Materiais radioativos eram conhecidos anteriormente por transmitir os poderes da cura e da vitalidade para as pessoas. O rádio foi infundido na água potável, em banheiras e até em supositórios. Talvez a maneira mais assustadora que isso foi administrado foi através de um protetor de testículos para homens. “Homens Fracos e Desencorajados!”, uma propaganda proclamava. “As bolhas da vitalidade agora com a utilização de glândulas e rádio”.

Recto Rotor

Recto RotorEsse dilatador prometia a cura para hemorroidas, constipação e problemas de próstata. Foi fabricado para acabar com suas hemorroidas e lubrificar o reto. A ponta tinha pequenos buracos por onde a pomada seria liberada. Como isso poderia curar seus problemas de próstata, só pode ser imaginado. Mas com um slogan como “cumprido o suficiente para ser eficiente, pequeno para qualquer um com mais de 15 anos”, como isso poderia dar errado, não é mesmo?

Cinto Elétrico Heidelberg

Nas primeiras décadas de 1900, muitas pessoas acreditavam que estavam sofrendo de “neurastenia”, uma doença causada pela modernização e pelo excesso de estímulo. Esse “mal” produzia uma enorme variedade de sintomas, da depressão à impotiencia e à fadiga. O cinto elétrico da Heidelberg, tratado como uma cura, enviava eletricidade às suas genitais e prometia a restauração da sua vitalidade e força. Ai!

3. Produtos Anti Masturbação

Durante os anos 1800 e o início de 1900, medidas extremas eram recomendadas para controlar a libido sexual dos homens jovens. Uma série de dispositivos foram inventados para prevenir os homens da masturbação. Nós devemos apoiar a auto disciplina e o correto aproveitamento da libido masculina, mas a mutilação genital definitivamente não é a melhor maneira de se resolver isso.

Anel Cravado

Esse dispositivo não tinha como único objetivo prevenir a masturbação, mas também as emissões noturnas. Os jovens deveriam colocar esse anel em volta de seu membro, e assim que ficassem excitados, as pontas iriam cravar nele, causando uma dor sem igual.

Macacão Espermático

Macacão EspermáticoPatenteado em 1876, foi criado para tornar as ereções impossíveis pressionando o pênis para baixo. 21 anos depois, o designer a modificou um pouco, tornando as ereções possíveis. O único problema é que, agora, a ereção ia direcionar o pênis contra superfícies pontiagudas.

A Advertência Instantânea

Inventada em 1893, essa ferramenta era um aparelho de refrigeração do pênis para prevenir sonhos eróticos à noite. O homem deveria colocar este aparato no pênis antes de dormir. Quando uma ereção acontecesse, alavancas se abriam para fazer com que água gelada caminhasse por tubos ao redor do pênis. Ele era chamado de “o órgão da generação”, pois assim a ereção era interrompida e nenhum desperdício ocorria. Basicamente, era como tomar um banho gelado, só que sem o banho.



Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*