Home » Relacionamento » Problemas e Desafios » Onde Termina a Paquera e Começa a Infidelidade?

Onde Termina a Paquera e Começa a Infidelidade?

É muito fácil que o que era apenas uma paquerada pelo Facebook, Whatsapp ou qualquer outra rede social, acabe saindo do controle e se tornando uma infidelidade.

De acordo com o site www.divorceonline.co.uk, cerca de 80% dos casos de infidelidade começam através de uma aproximação virtual, por isso é bom prestar atenção se não tem intenção de magoar a sua parceira ou acabar com o seu relacionamento.

No início, pode parecer algo inocente, você encontra uma velha amiga da escola nas redes sociais, ou te apresentam a uma mulher super simpática que pode te dar uma ajuda em algo, como o trabalho, a faculdade, etc, e assim acabam trocando contatos e mensagens.

As possibilidades de uma infidelidade começar pela internet são infinitas, e elas podem chegar a ocupar muito espaço na mente da pessoa, como se fosse um relacionamento real, fora do mundo virtual.

Por esse motivo, muitas vezes a pessoa acaba perdendo o controle de onde termina a paquera e começa a infidelidade.

A barreira que fica entre o desejo e a amizade, a infidelidade e a fantasia, a autoestima e a paixão, é bem complexa, por isso, você deve saber onde está pisando para decidir se deve seguir adiante ou parar onde está.

Quando a paquera virtual acontece, ela é muito tentadora. Quem não gosta de saber que outra pessoa está interessada?

A emoção de ficar esperando uma mensagem, ver se ela está online, todos esses sentimentos que envolvem a conquista são realmente emocionantes, porém sem a presença física faz com que muitos homens pensem não estar sendo infieis.

Você tem certeza que não está próximo de cometer uma traição? Tudo isso tende a colocar um relacionamento na zona de perigo.

A maioria dos homens tendem a “genitalizar” a infidelidade, já as mulheres não.

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Kansas, nos Estados Unidos, as mulheres consideram ainda mais grave quando ocorre uma infidelidade emocional, afinal, a maioria delas tende a pensar que pior do que o homem se envolver fisicamente com outra é se envolver emocionalmente.

De acordo com esta pesquisa, 68% das mulheres disseram que qualificavam como infidelidade o ato do seu parceiro enviar mensagens de paquera para outra.

Agora, se você fica enviando mensagens para alguma mulher e não está paquerando, deve levar em consideração que as mensagens escritas não têm o tom de voz, por isso na maioria dos casos, a outra pessoa pode interpretá-las de outra maneira e acreditar que sim, que você estava paquerando, e que consequentemente está acontecendo uma traição.

É importante levar em consideração que uma simples mensagem de “boa noite” pode ser algo inocente ou uma forma de dizer que um de vocês pensa no outro antes de dormir, ou até, por que não, a todo momento.

A pergunta chave é: o que aconteceria se a sua parceira visse essas mensagens que você troca com essa “amiga”?

Pense na quantidade de tempo que você dedica a este “relacionamento virtual”. Analise se realmente sente necessidade ou obrigação de responder a uma série de mensagens por dia e descobrirá se está a ponto de entrar em algo que pode não acabar muito bem.

Pare e reflita se essa relação é uma simples conversa entre amigos ou se é uma paquera que já está a ponto de se tornar uma infidelidade. Vale a pena arriscar o seu relacionamento por isso? Você gostaria que a sua parceira estivesse fazendo a mesma coisa?

Quando você parar para pensar em todas essas possibilidades, irá saber se a infidelidade está prestes a acontecer.

Você já se pegou trocando mensagens que passavam dos limites com alguma mulher? Sua parceira já descobriu? Comente abaixo como foi o desenrolar desta história!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *