Home » Sexo » Criando o Clima » O Sexo Tântrico e a Exploração dos Sentidos
Cintura de mulher com uma flor

O Sexo Tântrico e a Exploração dos Sentidos

Quando um cara consegue fazer durar mais tempo o sexo com a sua parceira, imagina-se que ele levou por volta de uma hora, no máximo, para chegar aos finalmentes. Mas isso é realmente nos dias em que ambos estão mais excitados, com aquela vontade absurda de passar o dia todo namorando na cama. Por isso, achamos interessante poder apresentar aqui as técnicas e os segredos do sexo tântrico, que nada mais é que uma prática para explorar cada centímetro do corpo da sua parceira por cada segundo, não se importando com o tempo e tendo como objetivo atingir o prazer máximo em todos os cinco sentidos.

O Tantra, por si só, é uma filosofia, nascida na Índia há milênios, que institui o culto à arte de amar, à mulher e à felicidade. Nada mais justo do que aplicar essa bela filosofia numa maneira de fazer sexo, não? Pois bem, isso que eles fizeram para formar o sexo tântrico, conhecido hoje mundo afora como o melhor meio de praticar um sexo duradouro e altamente prazeroso tanto para a mulher, quanto para o homem.

O conceito máximo do sexo tântrico é “não ter pressa”. Nele, você e sua parceira tratarão de explorar ao máximo todos os sentidos do outro, minuciando todo o potencial do olfato, do paladar, do tato, da visão e da audição, tudo isso antes mesmo da penetração!

Criar um Clima é Fundamental

Para a prática do sexo tântrico, é altamente importante que vocês criem todo um ambiente e um clima propensos à arte de fazer amor. Ou seja, escolham um lugar apropriado, bem reservado só para vocês dois. Prepare-o com uma iluminação bem fraca, por exemplo com velas, uma música relaxante, incensos, ou seja, deixe-o da maneira que vocês melhor acreditarem ser para praticar o sexo tântrico.

Em se tratando dos seus corpos, deve-se demorar bastante tempo trocando longos beijos, deliciosas carícias e fazendo a melhor massagem sensual no outro, tudo sem pressa e nervosismo nenhum. É esse o cenário que pode levar vocês ao chamado “orgasmo cósmico”. Alguns exercícios mentais e corporais ajudam a promover a ativação da energia sexual, conhecida por “kundalini”, além de prolongar as sensações durante o uso dos cinco sentidos.

E É Preciso Estar no Clima

Logicamente, praticar o sexo tântrico não é nada fácil para iniciantes. As pessoas que já praticam yoga e/ou meditação, de uma forma natural, têm maior facilidade para começar essa prática. Realizar isso vai demandar muita paciência, atenção, vontade, concentração e tranquilidade. Você nunca conseguirá fazer isso, por exemplo, depois de um dia conturbado no trabalho, depois de horas no trânsito, após uma discussão (principalmente se tiver sido com a sua parceira) e até mesmo com mulheres com quem você não tem um relacionamento duradouro estabelecido.

Não se Preocupe com a Penetração

O sexo tântrico explora todos os sentidos espalhados por todas as partes do corpo de cada um, e portanto, você deve expressamente tirar da cabeça a ideia da penetração. Aqui, ela é uma mera “coadjuvante de um espetáculo”. Você deve passar longos e preciosos minutos tomando um banho quente com a sua mulher, explorando o corpo um do outro, acariciando-se e dando beijos bastante demorados.

Concentrem-se em seus corpos, sinta a pele da sua parceira te tocando, sinta o atrito e a leveza do tato enquanto ela te faz, ou você faz nela, uma massagem sensual perfeita. Mas lembre-se, não deixe os outros sentidos ficarem apenas relaxando enquanto você utiliza o tato na massagem. Procure sentir o cheiro, o gosto, e observar cada curva do belo corpo da sua parceira.

Normalmente, acontece tudo tão rápido durante o ato sexual que o casal nem se preocupa em observar o que atrai um ao outro, fisicamente. No sexo tântrico, esse processo é importantíssimo para promover uma maior conexão entre o casal, seja ela física ou mental.

O sexo tântrico não é  uma prática fácil de ser realizada, e nem popular. O Tantra pretende ajudar o casal a impulsionar o afeto e promover a excitação em abos, não necessariamente usando a genital para isso. A filosofia propõe uma maior conexão entre os praticantes, expansão de consciência e percepção do corpo. Compreendendo os princípios e os objetivos, você conseguirá levar o sexo tântrico corretamente e concentrando-se neles, terá um ótimo resultado. Você e sua mulher nunca mais vão querer passar apenas 15 minutinhos numa relação sexual!

Você e sua parceira começaram a se interessar pelo sexo tântrico? Como conheceram esta prática? Acham que conseguem entrar nesse mundo da exploração dos sentidos com facilidade? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *