O que as Mulheres Querem de Verdade Que os Homens Façam Na Cama

Muitas mulheres nunca alcançam o clímax, e observam como seus parceiros ejaculam rapidamente e tudo se acaba. Isso pode ser evitado? Esses são alguns conselhos para que as damas sempre venham em primeiro lugar.

Está claro que cada pessoa é um organismo diferente e cada uma faz com que a outra desfrute de coisas diferentes na cama. Todos também já sabem que as mulheres aproveitam muito menos do orgasmo do que os homens, e isso ocorre porque muitas vezes elas acabam fingindo para agradá-lo, ou para não desanimá-lo. Inclusive às vezes fogem do sexo porque não aproveitam muito.

Mas existe um mundo de possibilidades para que elas se sintam bem durante uma sessão de sexo, e para conseguir isso, provavelmente você deve começar a pensar como o terapeuta sexual Ian Kerner, que garante que “durante o sexo, as mulheres estão em primeiro lugar.”

Não se engane, não é possível estabelecer um método concreto para que as mulheres alcancem o orgasmo, e nem existe um “botão mágico” que as faça gozar imediatamente.

Mas sim, existem alguns conselhos a respeito das atitudes e movimentos que ajudam para que elas desfrutem muito mais das relações sexuais em geral.

Haja como um “controle remoto” e não como um “interruptor” 

A sexualidade masculina e feminina são completamente diferentes: enquanto os homens são como os interruptores de luz, basta só a mulher deitar em cima deles que já ficam acesos, as mulheres precisam ser ativadas de pouco a pouco. 

É por isso que sempre é falado repetidas vezes da importância das preliminares. “As mulheres são como cozinhar um soufflé, o resultado depende dos ingredientes e se o cozinheiro sabe o que está fazendo, mas também da confiabilidade do forno, a temperatura, a umidade… “diz a Dra. Emily Nagoski.

Para as mulheres, os acontecimentos – e isso engloba o que aconteceu dentro ou fora do quarto – influenciam mais do que para os homens: “O sexo tem a ver com o contexto”, insiste a autora do livro The Good in Bed to Female Orgasm” (O bom na cama para o orgasmo feminino), “e se um homem pode demorar muito pouco para acelerar o seu motor, é importante lembrar que ela provavelmente prefere ir mais devagar”.

Consiga um estado de calma e conforto

“De acordo com uma pesquisa realizada na Holanda, a chave para que uma mulher se ative na cama e alcance o orgasmo é que ela se sinta em profunda sensação de relaxamento”, comenta Kerner.

Raio-X dos cérebros mostram que as partes deste órgão feminino encarregado de processar os medos, ansiedade e as emoções se desativam quando estão mais excitadas, produzindo um estado de transe durante o clímax.

“A desativação faz com que desapareçam as sensações que poderiam ser a chave para que alcancem o orgasmo” explica o doutor Gert Holstege, autor principal da pesquisa. No caso dos homens, pelo contrário, não se notou nenhuma alteração nestas regiões.

Vá descobrindo pouco a pouco o que funciona  

Cada mulher é diferente, e a maioria nem sequer alcança o orgasmo durante os seus primeiros encontros sexuais como acontece com um homem. O objetivo é que se sintam cômodas, e para eles, saber o que as excita e estimula pode ser a chave: e preste atenção, porque nem todas gostam das mesmas coisas.

Enquanto algumas gostam que lhe acariciem os peitos, para outras isso pode incomodar. Existem as que preferem o sexo sem beijos, as que sentem mais prazer com o orgasmo clitoriano, outras preferem vaginais, nem todas gostam das mesmas posições, e assim por diante.

“Descubra o roteiro sexual que melhor funciona para a sua parceira e siga-o” aconselha o autor. Mas cuidado, porque ser repetitivo também pode acabar em tédio e orgasmos pouco prazerosos.

Prove coisas novas, use sua imaginação

Como dito anteriormente, tudo bem em conhecer o caminho que nunca dá errado, mas elas também esperam que as coisas na cama se renovem, mudem.

Uma vez que se tem confiança suficiente na cama, as surpresas cobram a sua importância. Segundo um estudo sobre fantasias sexuais dirigido pelo doutor Harold Leitenberg, precisamente são as pessoas que gozam de uma vida sexual satisfatória as que têm mais desejos ocultos.

Explore seus pontos fortes

“Pouquíssimas pessoas fazem sexo como as estrelas dos filmes pornô. Vivemos no mundo real, e todos temos pontos sexuais fortes e fracos”, comenta o autor que explica que as pessoas devem aprender a superar as suas fraquezas, “por exemplo, eu sofri com a ejaculação precoce por anos, e a compensava com o sexo oral” diz ele.

Nem todos os pênis têm o mesmo tamanho e grossura, igual acontece com os seios femininos, que podem ser mais ou menos úteis durante as práticas como a popularmente conhecida “espanhola”, ou também nem todo mundo tem a mesma desenvoltura masturbando o outro, e nem as supostas zonas erógenas são prazerosas da mesma maneira.

A comunicação do casal é fundamental, principalmente quando se trata de questões sexuais. Não se deixe levar pelo que te contaram que é “a melhor coisa” e pergunte à outra pessoa o que ela já fez que gosta e o que ela tem vontade de provar.

Faça o clitoriano

“Para embarcar na viagem em busca da resposta sexual feminina, é importante saber como tudo funciona na vagina”, aconselha Kerner. Lábios menores, interior, períneo, ânus… Mas acima de tudo, familiarize-se com o clitóris e aprenda a trabalhar com isso, porque a maioria das mulheres não tem orgasmos vaginais, e sim clitorianos.

Mesmo que muitas vezes ele seja comparado a um botão, não é algo tão simples como apertar para que a mulher fique excitada. Como disse o autor, o clitóris é a “cúpula do prazer”, mas por trás dele, há uma rede complexa formada por mais de 8.000 terminações nervosas – mais que qualquer outra parte do corpo humano – que por sua vez estão conectados a outras 15.000 terminações que fazem parte da zona pélvica.

Se você quer que ela alcance o clímax, é importante que foque em estimular a sua vulva inteira, e não somente em penetrar a sua vagina.

A língua tem mais poder que uma espada 

“Se falamos em dar prazer para uma mulher, os homens devem falar a linguagem do amor: o cunnilingus” brinca Kerner. Inclusive a estrela pornô Ron Jeremy – famoso por ter um membro com cerca de 25 centímetros – garante que conseguiu fazer com que mais mulheres chegassem ao orgasmo graças à sua língua do que ao seu pênis.

Claro que o sexo oral também não tem uma técnica concreta, e terá que se basear no acerto e erro até descobrir a receita. Kerner, porém, trata de dar algumas pistas comparando com o Tai Chi “a paciência, equilíbrio, pressão e resistência são algumas das chaves para praticá-lo”.

Damas primeiro, também na hora do orgasmo

Diferente dos homens, as mulheres não chegam a um ponto de “orgasmo inevitável”, termo utilizado para definir esse momento em que a estimulação masculina chega a um ponto sem retorno que desemboca no orgasmo.

“De fato, ambos os sexos são tão diferentes quanto a este respeito que muitas mulheres afirmam perder o orgasmo justo quando estavam a ponto de alcançá-lo, o que resulta em algo verdadeiramente frustante para elas, especialmente quando isso acontece com frequência”, explica o terapeuta sexual.

É importante que o homem preste atenção aos sinais da excitação feminina para que o prazer não vá embora, particularmente nos momentos finais do êxtase orgásmico.

Se ela demonstra tensão nas mãos, pés e em toda a sua área pélvica, pode ser um indicador de que vá chegar ao clímax. Desde então, basta o homem aguentar tempo suficiente na cama para garantir que ela chegue antes.

O melhor amigo de ambos: que não falte um vibrador 

Segundo Nagoski, “para a maioria das mulheres alcançar o orgasmo é mais fácil quando se utiliza um vibrador: a vibração mecânica proporcionada por esses brinquedos é mais intensa que qualquer pênis, dedo, língua, ou outros estímulos”.

Partindo do ponto em que muitas demoram mais que seus parceiros para alcançar o orgasmo, a aparição de um vibrador na cena não só pode impulsionar o prazer dela, se não ajudar aos homens com problemas de ejaculação precoce a ficarem mais tranquilos e não obcecados com quanto irão durar.

Você se surpreendeu com alguma dessas dicas para levar uma mulher ao orgasmo? O que acha que precisa melhorar para ser melhor na cama? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *