Home » Sexo » Problemas Sexuais » Não Consigo Gozar Dentro – O Que Fazer?
Homem chateado na cama

Não Consigo Gozar Dentro – O Que Fazer?

Existem casos em que homens não conseguem gozar dentro da vagina da mulher, e isso pode causar muitos danos a sua vida sexual e ao seu psicológico.

Podendo causar uma situação extremamente desagradável na hora da relação sexual, e muito constrangimento ao homem, é importante que eles saibam que isso é uma disfunção erétil que atinge cerca de 2 a 8% dos homens, e que tem tratamento.

Embora o fato do homem não conseguir gozar com penetração não seja algo muito comum, isso tampouco deve ser visto como algo anormal.

Conhecida como “ejaculação retardada”, essa disfunção é notada quando o homem demora muito mais tempo que o normal para gozar durante a relação sexual, fazendo com que ele ou a sua parceira pare a transa sem que ele tenha gozado.

Sendo o oposto da ejaculação precoce, normalmente o homem que sofre com esta disfunção consegue ejacular facilmente na ausência da sua parceira, seja a través da masturbação ou de sonhos eróticos. Por este motivo, isso não deve ser visto como algum problema físico.

É comum que alguns homens passem por isso algumas vezes na vida, porém alguns tendem a sofrer com esta disfunção a vida toda.

Esta disfunção não causa nenhum tipo de problema sério à saúde física, mas com certeza é uma fonte de estresse e trará grandes problemas na sua vida sexual e autoconfiança, junto com a ansiedade, depressão, etc.

Causas da ejaculação retardada

Quando o homem sofre com os sintomas da ejaculação retardada, não conseguindo gozar dentro da sua parceira, isso pode ocorrer por diversos fatores, que variam desde condições crônicas de saúde, reações a medicamentos e problemas psicológicos.

Uma experiência traumática em relação ao sexo pode desencadear diversos motivos psicológicos para que o homem não consiga gozar dentro da sua parceira.

Outro motivo para que isso aconteça é o uso de certos produtos químicos que podem afetar os nervos envolvidos na ejaculação, como por exemplo medicamentos como antipsicóticos (Mellaril), diuréticos, antidepressivos (Prozac), medicamentos para pressão alta (guanetidina) e bebidas alcoólicas.

Crenças e tabus religiosos e culturais que tratam o sexo como algo negativo também podem ser um dos grandes motivos, da mesma maneira que a ansiedade e depressão, que podem suprimir o desejo sexual.

Normalmente o homem que não consegue gozar dentro da sua parceira, não sofre de nenhum tipo de problema com a ereção, e inicialmente ele pode sentir orgulho de conseguir manter o pênis ereto por muito mais tempo que o normal.

Mesmo o homem tendo orgulho da sua ereção prolongada, para a mulher a relação sexual muito longa pode resultar em algo extremamente desagradável, já que a sua lubrificação diminui, podendo ocasionar dores na vagina e no canal vaginal e inflamação da mucosa vaginal, que é responsável por produzir o ácido láctico que mantém a acidez das secreções vaginais, que funciona como defesa contra as infecções.

A falta desta acidez pode resultar em coceira, e tudo isso graças a uma relação sexual prolongada. Sendo assim, o homem deve tratar esta disfunção não só por ele, mas também pela sua parceira.

Para que o homem seja diagnosticado com a ejaculação retardada é necessário fazer um exame físico e falar a respeito dos acontecimentos com o médico.

Normalmente, serão pedidos exames de sangue e urina para saber se é um problema crônico de saúde, se há desequilíbrios hormonais, infecções, etc.

O que fazer para tratar esta disfunção? 

Para tratar esta disfunção, primeiro o homem terá que ser diagnosticado para saber se o problema é físico ou psicológico.

Quando a ejaculação retardada acontece devido à ingestão de remédios, o médico deverá buscar um tratamento alternativo para que o homem pare de tomar essas substâncias que causam esta disfunção erétil.

Mesmo quando o diagnóstico revela que o homem não consegue gozar com penetração devido a algo físico, é sempre importante que o homem procure tratamento psicológico, já que ela pode trazer vários problemas para a sua vida.

Alguns remédios têm sido usados no tratamento, mas é importante dizer que até agora nenhum teve a sua eficácia comprovada cientificamente.

Não conseguir gozar dentro da sua parceira é algo que pode destruir o relacionamento, por isso o tratamento psicológico irá ajudá-lo. Inclusive, se a sua parceira não consegue entender a situação, vale a pena levá-la em algumas sessões para que ela também converse com o psicólogo.

Desesperar-se é algo que realmente não ajudará em nada, por isso, cuide de si mesmo, converse com a sua parceira e tenha paciência, que em pouco tempo a sua vida sexual poderá voltar ao normal.

Você sofre deste problema e não consegue gozar dentro da sua parceira com frequência? O que você acredita que pode ser o seu problema? Isso acontece com todas ou uma mulher somente? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (12 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...

15 Comentários

  1. Boa tarde a todos!
    Eu tenho 21 anos e desde meus 17 anos tenho uma vida sexual ativa, sofro muito com problema de nao conseguir gozar na penetração e nem no oral, apenas masturbando. Sinto muito tesão e prazer mas é frustrante pois satisfaço as mulheres e não chego ao orgasmo… já cheguei a bombar por mais de uma hora e a mulher arregar e eu não gozar!
    Fui ao médico e ele disse que eu perdi a sensibilidade do pênis por conta de me masturbar com muita pressão e outro motivo é por eu ter um pênis muito grande e grosso que dificulta de manter uma ereção muito consistente o bastante pra gerar o orgasmo e pediu pra mim fazer um reboot de 365 dias sem PMO e sexo, e passou alguns medicamentos.
    Vai ser super difícil mas vamos à luta nesse tratamento!

  2. Fui casado durante 5 anos, nesse tempo aconteceu muitàs coisas, no começo eu girava facilmente, até 3x por dia mas depois de um tempo apenas me masturbando depois que ela gozava, achava normal isso mas depois de um tempo fiquei preocupado, começamos a sair com casais e mulheres e mesmo assim eu não conseguia gozar, nos separamos e eu segui minha vida, sai com outras mulheres e mesma coisa apenas na mas turbação depois que elas se satisfazia, agora que encontrei uma pessoa bacana e muito bonita me aconteceu de novo e ela está se perguntando o por que disso se ela não é boa o suficiente. Quero muito continuar com ela mas ela não se sente segura pois acha que eu não tenho tesao nela.

    • Boa tarde a todos!
      Eu tenho 21 anos e desde meus 17 anos tenho uma vida sexual ativa, sofro muito com problema de nao conseguir gozar na penetração e nem no oral, apenas masturbando. Sinto muito tesão e prazer mas é frustrante pois satisfaço as mulheres e não chego ao orgasmo… já cheguei a bombar por mais de uma hora e a mulher arregar e eu não gozar!
      Hoje iniciarei um reboot mental de 365 dias sem pornografia, masturbação e orgasmo para tratar essa disfunção.

  3. Frustração

    Sou casada há 2 anos, temos 4 anos juntos. Neste tempo, ele ejaculou apenas numa média de 6 vezes. Quando fazemos sexo, ele finge que gozou, e depois faço ele gozar com o sexo oral. Eu sei que ele não gozou, pq escorre. Eu me sinto um fracasso, não aguento mais isso. Já tentei conversar com ele sobre, e ele insiste que goza e eu que não sinto. Estamos tentando engravidar, e ele já bateu o pé que será por inseminação, mas eu não quero. Quero por método normal. Estou muito infeliz!

  4. Sofro disso a vida toda , nunca gozei dentro de maneira natural, só enfiando no ultimo segundo. minhaq esposa se sente mau com isso e eu muito mais

    • Tenho esse problema também e convivo bem com ele, gostaria de saber se mesmo fazendo isso vcs conseguiram ter filhos.

  5. Quando era mais novo com meus 18 anos gozava normalmente, é fora isso me masturbava fesmasiadamente como revistas, filmes porno, era insaciável, namorava 3 garotas ao mesmo tempo sem que uma soubesse da outra trancava com todas em dias diferentes hoje tenho 5 filhos gerados desses relacionamentos um com cada mulher, hoje aos 45 anos estou casado e não tenho filhos com minha esposa até porque ela têm 43 passou da idade os óvulos são poucos e possibilidades de gravidez é pequena somos casados há 5 anos ela nunca foi mãe e queria ser mãe começámos tratamento, fizeram exames e disseram que ela pode engravidar mas a chance é mínima devido a quantidade de óvulos férteis que são poucos,só consegue engravidez em vitro, mas pelo governo eles disseram a ela que não vale a pena esperar não, demora muito até lá ela estará muito velha para ser mãe, bom voltando ao assunto anterior quando fazemos amor estou de pau super duro no maior tesao, tranzamos por horas, chego quase a gozar, a vontade recua e não consigo segurar a vontade de gozar e concluir o trabalho e ela já cansada já gozou várias vezes, aí termino batendo uma punheta e coloco dentro dela e término o serviço ela já se acostumou com isso, mas eu queria voltar a gozar dentro como eu tinha meus 18 anos o saudades da quele tempo, o prazer era outro abraço a todos.

  6. pena que essa como outras matérias que eu li num recomenda qual médico procurar pra isso, tipo acredito ter esse problema, hoje mesmo estava com uma gp muito bonita e tal, mas na hora num conseguia manter direito dentro dela, sei lá, tipo ela era atraente pra caramba, mas eu só consegui gozar vendo ela nua, num consegui dentro, sempre gozo me masturbando, desde que me entendo como adulto e comecei a transar pra falar verdade foi mais com gp ainda mais que porque fiquei desempregado voltei a morar com minha familia, e mesmo quando morava sozinho num conseguia gozar dentro quando ficava com alguma garota, é frustrante demais, tipo você gostar da pessoa mas num poder aproveitar aquilo direito! infelizmente na minha vida eu transo aqui e ali, tive poucos relacionamentos que duraram pouco, quase num encontro mulher que demonstre interesse em mim, isso já aceitei, acabo recorrendo a gp pra me aliviar como hoje que estava estressado por conta da faculdade, mas aí num conseguir gozar me chateia demais

  7. não consigo gozar dentro , somente através de masturbação, tenho esse problema a 20 anos ate hoje sem solução que tiver tomando algum remédio que teve algum exito por favor ajude-me !

  8. Anfrisio Castilho da costa

    Não consigo com minha parceir, em 10 anos foram pouquíssimas vezes e isso está causando nela a impressão de que não é boa o suficiente pra mim, ou de que está dilatada demais e outro problemas e na minha cabeça também está fazendo muito mal.

  9. Eu tive isso, a primeira vez que gozei dentro de uma mulher eu ja tinha 21 anos, no começo era por receio de que a garota engravidasse, mas depois não tinha motivo, até que um dia transei por 4 horas seguidas sem conseguir gozar, a mulher começou a a perguntar se eu não tinha tesão nela, ela era a morena que eu sonhava e eu não consegui gozar.
    Mas, finalmente com a mesma mulher na segunda vez que transamos ela pediu:_ goza Dani, goza dentro de mim!! Aí não teve jeito, dei algumas bombadas com mais força e quando senti que ia gozar coloquei ei lá no fundo e dei uma gozada tão gostosa que continuei com tesão. Depois disso perdi o receio, se a mulher está transando com a gente significa que ela quer que a gente goze.
    Espero que meu relato ajude alguém com este problema.

    • Frustração

      Sou casada há 2 anos, temos 4 anos juntos. Neste tempo, ele ejaculou apenas numa média de 6 vezes. Quando fazemos sexo, ele finge que gozou, e depois faço ele gozar com o sexo oral. Eu sei que ele não gozou, pq escorre. Eu me sinto um fracasso, não aguento mais isso. Já tentei conversar com ele sobre, e ele insiste que goza e eu que não sinto. Estamos tentando engravidar, e ele já bateu o pé que será por inseminação, mas eu não quero. Quero por método normal. Estou muito infeliz!

  10. Eu no consigo gozar dentro isso acontece com todas q ja transei oque tevo fazer?

  11. Sérgio de O Monteiro

    isso aconteceu comigo algumas das vezes com a minha parceira eu fico cheio de vontade ela se satisfaz as vezes sim as vezes não e eu não consigo me satisfazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *