Homem se Apaixona e Mantém Relações Sexuais com Carro

Darius Monty, da cidade de Surrey, no Reino Unido, é um empresário que afirma que o que mais ama em todo mundo é Goldie, o seu Jaguar X-Type dourado.

Em inglês, dourado se diz ‘gold’. É por isso que seu – ou sua – amante leva o nome de Goldie.

Ele elogia com muito orgulho as curvas perfeitas da sua amante e diz que em toda a sua vida nunca esteve com alguém “de tal beleza”.

Aos 35 anos de idade, o empresário ainda diz que com Goldie teve o melhor sexo da sua vida, e o objeto tão amado tem menos da metade da idade de Darius.

O homem que claramente sofre de mecanofilia, uma parafilia em que a pessoa sente atração sexual por máquinas, está solteiro, pelo menos no que diz respeito a mulheres de carne e osso.

Dono de alguns bares pela Inglaterra, ele diz que não espera que as pessoas percebam a sua paixão, porque como ele mesmo afirma, ele próprio tem dificuldade em perceber.

“Eu não escolhi me apaixonar por ela (o carro), assim como os outros homens não escolhem por quem se apaixonam” defende Darius.

Ele conta que se apaixonou pelo Jaguar dourado após tê-lo visto em um salão de automóvel há dois anos, que foi amor à primeira vista, e sem pensar duas vezes, ele comprou imediatamente a sua Goldie.

“A achei muito excitante. Sua cor é única. Assim que paguei só quis montar nela e poli-la”, conta.

Ele continua dizendo que antes de comprar o carro, tinha uma relação amorosa com uma mulher (de verdade), e que sempre gostou de carros, e que se naquela época alguém lhe dissesse que era possível amar algo que não fosse humano, iria rir, assim como as pessoas riem dele hoje em dia.

Darius percebeu que quando lavava e tocava no carro ele se excitava, e progressivamente, começou a deixar a namorada na cama para ir até a garagem, local onde ele mantém relações sexuais com o motor do carro (o empresário não conta detalhes das relações).

Ele afirmou para um site do Reino Unido que se sentia confuso e envergonhado, porém, o sexo com Goldie era melhor do que com a sua namorada.

A partir deste momento, ele passou a pesquisar na internet sobre o assunto e descobriu que havia mais pessoas que passavam pela mesma coisa que ele, que eram apaixonados por carros, bicicletas, motos, aviões, etc.

A namorada não aceitou o novo romance e a família e amigos lhe deram as costas 

Assim que ele contou para a sua namorada que estava apaixonado pelo seu carro, ela o deixou imediatamente.

Então, ele decidiu contar para a sua família e amigos, que riram dele e sugeriram que ele procurasse ajuda psicológica.

“Fiquei muito triste por saber que ninguém me compreendia nem me apoiava, porém, os meus sentimentos pela Goldie cresciam dia após dia. Nunca tive sentimentos por outro veículo e até hoje acredito que tenho algo especial com ela. Não estou fazendo mal a ninguém, não entendo qual é o problema”, garantiu o empresário inglês.

Ele oferece a Goldie todos os luxos e mordomias, porém, não descarta a hipótese de se apaixonar por outra mulher.

“A Goldie é melhor no sentido de que ela não se queixa e nem irá me trair, e não tem a capacidade de estar mal-disposta, porém, ela é uma máquina e não me ama de volta. Eu sei disso, não crio ilusões. Já tive encontros com outras mulheres e digo que tenho uma relação com o meu carro. Algumas a princípio aceitam, mas quando me veem ir à noite para a garagem, acham tudo isso muito estranho e me deixam. A próxima mulher com quem eu estiver tem que saber que irá me dividir com a Goldie”, finaliza Darius Monty, o homem que se apaixonou, mantém relações sexuais com o carro e afirma que ele é o amor da sua vida.

Você acredita nessa história? Conhece alguém que é muito apaixonado por seu carro, mesmo que não dessa forma? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*