Gerontofilia

Gerontofilia: Atração Sexual por Pessoas Mais Velhas

Hoje em dia, as pessoas têm a sorte de conhecer muito mais tipos de sexualidade e estão eliminando alguns tabus que faziam com que muitos não pudessem viver com normalidade. Alguns deles foram aceitos pela sociedade e totalmente normalizados, fazendo com que provavelmente as futuras gerações achem muito estranho que no passado eles não fossem considerados como “normais”.

No entanto, a maioria das pessoas ainda desconhece alguns tipos de atrações ou práticas sexuais, como por exemplo a gerontofilia.

É chamada de gerontofilia a atração sentida por algumas pessoas mais ou menos jovens por aquelas que estão na terceira idade.

Existem vários graus de atração por parte do gerontofílico. Há aqueles que simplesmente querem permanecer rodeados por pessoas mais velhas, porque as consideram mais calmas e mais experientes, e aquelas do extremo oposto, que se sentem atraídas sexualmente pelos idosos e os consideram apenas como parceiros sexuais ou então planejam ter um relacionamento estável com eles, indo muito mais além do sexo, transcendendo todas as barreiras do amor.

Aqui no Conversa de Homem, você verá o que é a gerontofilia para que conheça melhor essa atividade sexual que é considerada fora do comum, mas que, desde que haja consentimento de ambas as partes com idade legal, é aceito.

O que é um gerontofílio?

Um gerontofílico é uma pessoa jovem que sente atração por idosos. O caso de um homem jovem que sente atração por uma mulher na terceira idade é chamado de alfamegamia e no caso das mulheres mais jovens que se sentem atraídas por um homem na terceira idade, se denomina aniligamia.

Nem todas as pessoas que sentem gerontofilia têm o mesmo grau de atração por pessoas idosas. Algumas delas apenas sentem a necessidade de estarem rodeadas por eles por motivos psicológicos, seja devido a suas experiências com essas pessoas em seu passado ou porque gostam da tranquilidade e da sabedoria que eles transmitem.

No entanto, este estado de atração pode ser mais ou menos intenso, por isso existem outras pessoas que sentem uma necessidade física maior por pessoas idosas e não apenas querem compartilhar o seu tempo com eles, mas também sentem atração sexual.

Se a atração for mútua e consentida, esta atividade sexual não deixa de ser permitida em alguns países, desde que a pessoa mais jovem tenha idade legal; porém, como é uma atividade pouco conhecida e praticada, ele está dentro da categoria das filias.

No caso em que nenhum dos dois esteja de acordo em realizar a atividade sexual, ou não se sente atraído, trata-se de casos muito mais graves, como a violação ou casamento forçado, e a pessoa afetada deve agir o mais rápido possível.

Isso acontece em muitos países e não ajuda a imagem do gerontofílico, uma vez que a maioria pode pensar que os idosos se casam apenas com pessoas mais jovens contra a sua vontade, sendo o jovem forçado a fazer algo que ele realmente não queira, ou que algo estranho esteja acontecendo, ou seja, que a pessoa mais jovem tem algum interesse material relacionado com os bens da pessoa idosa.

Essas ideias preconcebidas nem sempre são verdadeiras e cada caso em particular será sempre diferente do outro. Pode ser difícil acreditar, mas há realmente jovens que podem se apaixonar por um idoso ou sentir atração sexual, desfrutar da sua companhia e inclusive fazer planos futuros juntos.

Gerontofilia é apenas sexo?

Nem todas as pessoas gerontofílicas sentem apenas uma atração sexual pelos idosos. Algumas gostam apenas da sua companhia e talvez nunca cheguem a querer mais do que uma simples amizade; por outro lado, existem aquelas pessoas que sentem atração física e podem chegar a se apaixonar e querer ter um relacionamento estável.

Não obstante, isso não será algo muito fácil. A gerontofilia é considerada uma filia, ou seja, uma atividade sexual incomum, e isso ocorre porque normalmente as pessoas geralmente são atraídas por pessoas de uma faixa etária similar ou inferior. É por essa razão que, quando um jovem se sente atraído por uma pessoa idosa, é algo que a sociedade sente problema em compreender.

Mas se o amor entre essas duas pessoas é muito forte, eles não precisam desistir. O jovem deve ter em mente que uma pessoa idosa não tem a mesma liberdade de movimento ou pensa do mesmo modo que ele. Eles vivem em duas gerações completamente diferentes e o relacionamento pode se tornar muito complicado. Além disso, em muitos países não é permitido e, onde é, o fardo social é muito alto, já que a sociedade não tende a entender o que está fora do comum.

O sexo e o amor com idosos por parte dos jovens não é algo muito comum na rua ou em referências no cinema ou na literatura, por isso é uma prática que as pessoas ainda não conseguem entender.

Talvez se o sexo e o amor com os idosos se tornasse popular entre os jovens, a gerontofilia não seria mais um assunto considerado tabu e muitas pessoas poderiam entender. No entanto, este não é o caso, porque a maioria dos jovens prefere ter relações e sexo com pessoas da mesma idade ou similar. Os gostos e as ambições são mais semelhantes, além de que um idoso se encontra no estágio final da sua vida.

Alguns psicólogos acreditam que a atração ou o amor que esses jovens podem ter por pessoas idosas são causados por algum transtorno psicológico durante a infância, que os fazem acreditar que um idoso é uma pessoa mais próxima a eles e só pode encontrar dessa maneira o amor.

No entanto, existem muitas maneiras de se amar, de modo que esta teoria não está completamente confirmada. Enquanto o amor for livre e as duas pessoas concordarem, não há limites em muitos países em relação a essa prática sexual.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você conhece alguém ou você mesmo já se relacionou com uma pessoa muito mais velha que você? O que acha desse tipo de relação? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*