Estereótipos sexistas

Estereótipos Sexistas – O Que São e Como Interferem na Sua Vida

Os estereótipos sexistas de homens e mulheres têm um impacto profundo na sociedade. Desde estereótipos sexistas sobre homens em relacionamentos até estereótipos da sexualidade das mulheres, essas atitudes prejudiciais afetam a todos.

Devido aos avanços realizados nos últimos anos para estabelecer a igualdade entre os sexos, a sociedade reflete menos atitudes que apoiam a discriminação e a desigualdade entre homens e mulheres. A maioria das pessoas defende um ponto de vista que está liberto dos velhos preconceitos sexuais que antes limitavam ao fanatismo racial.

No entanto, apesar de estarem liberados em nossas crenças e atitudes, muitas das ações das pessoas ainda são influenciadas por estereótipos sexistas e equívocos sobre homens e mulheres que são passados de geração a geração.

Apesar de seus valores declarados, um número surpreendente de pessoas se relacionam hoje entre si com base em um estereótipo sexista.

Desde cedo, as pessoas aprendem tudo ao observarem papéis estereotipados que as pessoas em suas famílias assumem. À medida que vão avançando através da escola, essas atitudes são reforçadas pelos seus colegas de classe. Eles também recebem apoio que não são ditos claramente pelos professores e programas educacionais.

A mídia é culpada por explorar as diferenças entre homens e mulheres e de exagerar estereótipos sexistas de ambos os sexos para vender produtos. O sexo é tratado como uma mercadoria a ser explorada com fins lucrativos.

Os resíduos desses preconceitos sexistas em nossas vidas retratam os homens como magistrais, poderosos, paternalistas e pouco comunicativos, ainda que infantis, impotentes e incompetentes.

Essas distorções dos sexos são divisórias e interferem no lado íntimo e amoroso das pessoas. A pressão social exercida por essas atitudes é tão prejudicial para relacionamentos a dois como o preconceito racial é entre as pessoas de diferentes origens étnicas.

Cada estereótipo sexista confunde o pensamento das pessoas sobre as diferenças entre homens e mulheres. Essas atitudes seculares sobressaem as qualidades que distinguem homens e mulheres, e colocam os dois sexos em categorias artificiais.

Estereótipos sexistas comuns dos homens:

  • Os homens são lógicos e racionais;
  • Os homens são duros e poderosos;
  • Os homens têm medo de se comprometerem em um relacionamento;
  • Os homens não têm interesse primário no casamento e na paternidade;
  • Os homens são insensíveis;
  • Os homens estão principalmente interessados em suas carreiras ou vocações.

Estereótipos sexistas comuns das mulheres:

  • As mulheres são intuitivas e sensíveis;
  • As mulheres podem facilmente formar anexos emocionais profundos;
  • As mulheres são infantis e impotentes;
  • As mulheres estão principalmente interessadas em um relacionamento de longo prazo e na paternidade;
  • As mulheres são instáveis e irracionais;
  • As mulheres não têm um interesse primordial em suas carreiras ou vocações.

Quando se olha para a forma como a sociedade vê os homens, e em seguida, em como vê as mulheres, é claro como ela coloca homens e mulheres uns contra os outros.

A feminista, especialista em ética e psicóloga americana Dra. Carol Gilligan descreveu os estereótipos culturais de homens e mulheres da seguinte maneira:

Alguns estereótipos sexistas que enfrentam homens e mulheres incluem:

  • Os homens são duros e poderosos, não são desamparados e infantis como as mulheres;
  • As mulheres são sensíveis e intuitivas, não insensíveis e sem sentimentos como os homens;
  • Os homens são lógicos e racionais, não são desatentos e irracionais como as mulheres;
  • As mulheres facilmente se apegam emocionalmente de maneira profunda, elas não sentem medo de se comprometerem em um relacionamento ou criar um vínculo como os homens sentem;
  • Os homens estão principalmente interessados em suas carreiras ou vocações. Esses não são interesses secundários como acontece no caso das mulheres;
  • As mulheres estão principalmente interessadas em um relacionamento de longo prazo e na maternidade; esses não são interesses secundários como são para os homens.

Como um estereótipo afeta a sexualidade?

Existem estereótipos entre homens e mulheres que pertencem especificamente à sexualidade. A sociedade vê um homem que não cumpre com esses estereótipos com suspeita. “O que há de errado com esse cara? Ele não tem bolas?”. Uma mulher que não cumpre com esses estereótipos é castigada. “Larga mão dessa puta! Ela é uma ninfomaníaca.”

Os estereótipos sobre homens e mulheres que pertencem à sexualidade incluem:

  • As mulheres não são interessadas em sexo;
  • As mulheres não são tão sexualmente ativas e não pensam sobre sexo tanto quanto os homens;
  • Os homens são mais aleatórios e querem mais variedade do que as mulheres;
  • Os homens são mais sexuais do que as mulheres;
  • As mulheres não estão interessadas em um encontro sexual casual. Elas só querem ser sexuais se estão apaixonadas pelo homem;
  • As mulheres são basicamente monogâmicas;
  • Os homens são mais sexualmente agressivos e mais sexualmente orientados do que as mulheres;
  • Os homens têm mais experiências e fantasias sexuais do que as mulheres;
  • Os homens são impessoais em seus encontros sexuais; eles se relacionam com as mulheres com objetivos sexuais;
  • As mulheres são mais passivas sexualmente e não querem sexo tanto quanto os homens.

Desmascarando um estereótipo sexista

Na verdade, homens e mulheres são mais parecidos do que diferentes. Ambos têm essencialmente os mesmos desejos na vida e buscam os mesmos tipos de satisfações entre si. Ambos querem sexo, amor, carinho, sucesso, dignidade e autorrealização.

Todos querem ser reconhecidos primeiro como indivíduos únicos e depois como homens e mulheres.

Como um estereótipo afeta a sexualidade?

  • A maioria das mulheres e homens estão interessados em negócios, finanças, ideias científicas, questões mecânicas, políticas e ideias abstratas;
  • A maioria das mulheres e dos homens encontram satisfação em ter uma carreira ou vocação;
  • A maioria dos homens e das mulheres são emocionais e emocionalmente expressiva. A maioria também luta com suas defesas contra seus sentimentos;
  • A maioria das mulheres e homens desejam uma relação sexual que inclui a intimidade emocional e física;
  • A maioria dos homens e mulheres estão interessados em atividades domésticas, como criação infantil, design, moda e cozinha;
  • A maioria dos homens e mulheres sentem um forte desejo de uma relação duradoura com o sexo oposto;
  • A maioria dos homens e mulheres tem um desejo muito forte de se apaixonar um pelo outro;
  • A maioria dos homens e mulheres colocam importância em sua identidade como pessoa sexual;
  • A maioria das mulheres e homens tem um forte interesse em procriação e parentalidade.

Você tem um estereótipo sexista de si mesmo?

Infelizmente, homens e mulheres fazem suas compras de acordo com as visões estereotipadas de si mesmos. Como resultado, eles não são apenas vítimas desses preconceitos, mas são conspiradores perpetuando as próprias atitudes que são destrutivas e os limitam em suas vidas e relacionamentos.

Os homens compram a crença de que são mais fortes, maiores e melhores, enquanto as mulheres adquirem a crença de que são mais fracas, mais frágeis e menores. Eles trazem essas distorções em seus relacionamentos para que o homem seja o herói e a mulher seja salva.

Infelizmente, para todas as partes interessadas, homens e mulheres devem, então, conduzir suas vidas para preservar essas ilusões. Ele deve ser o melhor o tempo todo. Não pode vacilar, se assustar ou sentir insegurança. Ela deve ser submissa e menor. Ela não pode ser poderosa, auto-suficiente ou independente. Homens e mulheres devem manipular uns aos outros para preservar essas ilusões.

Os homens desenvolvem a vaidade para manter sua superioridade. Assim, eles exigem uma construção irreal das suas parceiras de serem melhores do que todos os outros homens e preferidos em todos os momentos.

As mulheres desenvolvem uma abordagem vitimada para a vida, a fim de manter sua impotência. Portanto, em vez de se afirmarem para alcançar seus objetivos, elas manipulam seus companheiros com manobras indiretas, como fraqueza, desamparo e emocionalidade.

Homens e mulheres estão traindo a si mesmos quando adotam essas abordagens defensivas em seus relacionamentos. Quanto mais um homem se baseia na acumulação da vaidade, mais ele rejeita a parte de si mesmo que é sensível e vulnerável.

À medida que essa divisão entre ele se torna maior, ele se torna cada vez mais alienado dentro de si mesmo. Quanto mais uma mulher se baseia em manipulações indiretas para atingir seus objetivos, mais ela rejeita a parte de si mesma que é forte e poderosa. À medida que a divisão dentro dela se torna maior, ela se torna cada vez mais alienada dentro de si mesma.

Assim que, a melhor coisa que todas as pessoas, homens e mulheres, devem fazer para se sentirem mais satisfeitos consigo mesmos e mais felizes é acabar de uma vez por todas com os estereótipos sexistas.

Você já tinha ouvido falar dos estereótipos sexistas? Concorda com todos da lista? Tem algum estereótipo sexista de si mesmo? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*