DST

Como Detectar uma DST a Tempo

As doenças sexualmente transmissíveis – DSTs – são aquelas doenças que as pessoas tendem a pedir com todas as forças aos céus para nunca ter, porém, se você tem relações sexuais, infelizmente não está isento a elas, não importa o quanto você reze para o santo da sua devoção. Elas não discriminam gênero, orientação sexual, posição econômica ou idade.

Apenas depende de você e do cuidado que tem durante suas relações sexuais, e é por isso que aqui você verá como detectar uma DST a tempo.

É fato que não é nada reconfortante saber que todos os dias mais de 1 milhão de pessoas são infectadas com alguma DST, e estima-se que anualmente cerca de 357 milhões de pessoas recebem uma entre as quatro doenças sexualmente transmissíveis mais comuns: clamídia, sífilis, tricomoníase e gonorreia de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde).

É por esses dados e muito mais que é muito importante que você saiba como detectar uma DST a tempo.

Até aqui, você já deve saber que as DSTs ou doenças venéreas são transmitidas através das relações sexuais desprotegidas com uma pessoa infectada. Além disso, você pode transmitir ou se infectar com uma DST através do uso compartilhado de seringas, ao entrar em contato com sangue contaminado ou transmissão perinatal durante gravidez, parto ou aleitamento materno.

Estas doenças são causadas por vírus, bactérias fungosas, parasitas e protozoários que atacam diferentes partes do corpo e desencadeiam doenças como vírus do papiloma humano HIV, herpes, linfogranuloma venéreo, clamídia, gonorreia, chancro, hepatite A, B, C ou sífilis.

Em muitos casos, essas doenças não apresentam sintomas evidentes que facilitam a transmissão de infecção para parceiros sexuais saudáveis, e isso faz com que a doença progrida silenciosamente causando complicações muito mais graves e até mesmo algumas irreversíveis antes mesmo de você perceber que está infectado.

Para que possa detectar uma DST a tempo sem precisar se privar do prazer do sexo e nem que a sua saúde decaia junto com a sua autoestima, há diferentes tipos de testes para detectar a presença ou ausência da infecção.

Veja agora algumas dicas de como detectar uma DST a tempo.

  • Exame de sangue: São feitos para saber se você está infectado com herpes, algum tipo de hepatite, sífilis e HIV.
  • Gripe: Muitas dessas doenças sexualmente transmissíveis apresentam sintomas muito semelhantes aos da gripe comum, como: dor de garganta, nariz entupido ou escorrendo, tosse, fadiga, calafrios, diarreia, náuseas, febre ou dor de cabeça.
  • Exame de PCR: Estes exames detectam diretamente o agente. Baseado em técnicas de biologia molecular na reação em cadeia da polimerase ou como também é conhecida PCR devido a sua sigla em inglês, é detectado a presença de material genético infectado em amostras retiradas do seu corpo. Esse tipo de exame tem uma sensibilidade muito maior do que os outros de diagnóstico.
  • Irritação ou coceira: Você pode detectar uma DST se sentir irritação, queimação ou coceira na sua área genital.
  • Papanicolau: Destinado especificamente para as mulheres, o Papanicolau ajuda a detectar o vírus do papiloma humano.
  • Testes rápidos: Esses testes são rápidos porque o tempo de espera do momento em que se realiza o teste até você receber o resultado é muito curto. Esses testes detectam os anticorpos gerados pelo organismo contra a infecção, ou seja, medem a resposta do corpo ao invasor, mas não detectam o próprio agente causador.
  • Glândulas inflamadas e febre: Se você tem as glândulas da garganta inflamadas e febre, esse é um sintoma de DST, como por exemplo é o caso do herpes.
  • Exame de urina: Irá ajudar a determinar se você está infectado com gonorreia ou clamídia.

Você pode perceber que está infectado com uma DST se sentir dificuldade em urinar ou ter um fluxo incomum. Preste atenção na cor, odor e textura da sua urina.

Estes são apenas alguns exemplos de como detectar uma DST a tempo. Outro exemplo muito claro é que tenha várias parceiras sexuais e não se proteger durante as relações sexuais, ou que tenha relações sexuais com a menina mais louca do bairro, escola ou trabalho.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você já percebeu algum dos sintomas ou sinais de uma DST? Vai por em prática alguma dessas dicas de como detectar uma DST a tempo? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*