Espermatozoides

Cientistas Estão Perplexos com Caída da Qualidade do Esperma de Homens Ocidentais

Nos últimos 40 anos, a qualidade do esperma dos homens em países ocidentais caiu em mais de 50%, algo que apresenta um problema para a gravidez em casais com mais de 30 anos de idade.

Estudos recentes mostram que nos últimos 40 anos a qualidade do esperma dos homens ocidentais caiu um pouco mais de 50%, sem que se tenha uma explicação satisfatória. A qualidade do esperma é medida pela qualidade de células espermáticas por mililitro de sêmen (ou ejaculado).

Segundo a pesquisa realizada pela Universidade Hebraica de Jerusalém, de 1973 a 2011 houve uma perda de 1.4% ao ano. Hagai Levin, pesquisador desta universidade, afirma que isso poderia significar que os homens têm uma saúde pior do que antes e que possivelmente, sugere um problema de saúde global, não está sendo detectado.

O estudo em questão levou em consideração 185 pesquisas e mais de 42 mil homens. Verificou-se que a concentração de 99 milhões por mililitro em 1973 caiu para 47,1 milhões por mililitro em 2011.

Foram mencionadas possíveis causas: talvez tenha a ver com o aumento da obesidade nos países ocidentais, a falta de atividade física (ou estilo de vida sedentário crescente), tabagismo ou exposição a toxinas e produtos químicos que perturbam o sistema endócrino.

Paralelamente, em muitos países ocidentais, as taxas de natalidade caíram, embora isso não esteja necessariamente correlacionado, já que também foram desenvolvidas técnicas de gravidez assistida.

Nos países orientais, esse resultado não foi encontrado, mas também é certo que não foram realizados os estudos necessários para comprovar que foi mantida a qualidade do sêmen nesses países.

Geralmente, ao lidar com problemas de fertilidade, a ênfase é colocada nas mulheres, e socialmente se fala que as mulheres perdem a fertilidade com a idade, o que é de fato verdade, mas pouco é estudado sobre o papel dos homens, que também perdem a qualidade do esperma com a idade, ainda que um pouco mais tarde que as mulheres.

Os pesquisadores alertam que os homens jovens não notaram esse problema, mas se querem ter filhos com uma mulher com 35 anos de idade ou mais, por exemplo, então um homem com baixa qualidade de esperma vai ter muitos problemas para engravidá-la.

Assim sendo, os homens também devem estar cientes do seu relógio biológico se quiserem ter filhos, e possivelmente, tomarem precauções, embora neste sentido não se saiba muito bem quais os fatores contribuem para a perda da qualidade do esperma.

Possivelmente, evitar fumar, não usar roupas apertadas e praticar exercícios físicos são formas de cuidar da qualidade dos espermatozoides caso você não queira fazer parte dos homens que sofrem com a caída da qualidade dos seus espermatozoides.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você consegue imaginar os motivos para que essa pesquisa tenha revelado a queda na qualidade do esperma de homens ocidentais? Acredita que faz parte dessa estatística? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*