Home » Sexo » Jogos e Fantasias » BDSM – Pessoas que se Vestem como Cães Por Prazer

BDSM – Pessoas que se Vestem como Cães Por Prazer

Um novo documentário exibido no Reino Unido mostra como vivem as pessoas que gostam de passar o seu tempo vestidas e vivendo como um cachorro, o que é muito diferente para grande parte da sociedade.

  Continua Depois da Publicidade  

“The Secret Life of Human Pups”, que em português significa “As Vidas Secreta dos Humanos Cachorros”, é o nome do documentário que fala especificamente a respeito deste grupo de pessoas que fazem parte da comunidade BDSM – Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo – e como eles sentem prazer em se vestirem como cães.

No BDSM do Brasil, esse jogo ou “brincadeira” erótica é conhecido como Pet Play.

BDSM – O que é Pet Play

2

O Pet Play é um jogo erótico que não envolve necessariamente práticas sexuais, em que uma pessoa ou mais – a submissa ou as submissas – age como se fossem o animal de estimação da outra pessoa, que seria a dominante, que em um contexto sexual pode assumir o papel de adestrador, dono ou responsável, mas se preferir, também pode ser outro animal.

Embora não seja necessária a prática sexual, ou nenhum tipo de contato sexual, ele é considerado tanto um jogo não-sexual quanto um jogo erótico sexual, e no caso do Pet Play, as pessoas não precisam se fantasiar apenas de cachorros, mas podem ser qualquer animal que queiram. Porém, no documentário acima citado, trata-se apenas das pessoas que sentem prazer em se vestir e viver como cachorros.

  Continua Depois da Publicidade  

Embora possa parecer algo muito estranho para uma grande parte da sociedade, esse jogo erótico atrai uma grande variedade de pessoas, porém, como retrata o documentário, a maioria são homens homossexuais que têm interesse por couro, que é conhecido no meio como “cultura leather” – cultura do couro, e que também gostam de ter a sua barriga coçada e de receber carinho em suas orelhas.

Os participantes sentem atração, desejo ou, como é dito no documentário: “uma emoção sexual” por atuarem como cães, ou seja, mascar brinquedos, comer em tigelas para cães, usar capuzes que os “transformam” em cães, dormir em jaulas, etc.

A quantidade de acessórios para que as pessoas se vistam e se sintam como cães é bem variada, mas as mais comuns são as coleiras, o capuz em formato de cara de cachorro e a butt plug tail, que também pode ser chamada de plug com cauda.

4Butt Plug Tail ou Plug com cauda

De acordo com “Kaz”, outro “homem cão”, eles não se vestem como cachorros apenas para terem relações sexuais.

“As pessoas automaticamente concluem de que esta é uma fantasia que usamos para fazer sexo. Sempre costumam fazer perguntas horríveis, como se eu gosto de transar com cachorros,” ele disse. “Mas com toda certeza não é isso, e nem sempre é sexual. Os membros do meu grupo passam muito tempo juntos apenas sendo cachorros.”

  Continua Depois da Publicidade  

Quando as pessoas adeptas desse jogo do BDSM não estão vestidas como cães, muitas usam distintivos para poderem ser detectadas por outros seguidores do movimento.

Concurso de beleza para homens que se vestem como cães

3

No documentário “The Secret Lifes of Human Pup” é mostrado Tom, que é um adepto deste grupo e já ganhou um prêmio de Mr. Puppy UK, que é um concurso de beleza prestigiado dentro da comunidade.

Tom Peters tem 32 anos de idade e trabalha como engenheiro em um teatro. Para se vestir e viver como um dálmata, ao qual ele deu o nome de Spot, ele já gastou cerca de US $5.800 ao longos dos últimos anos, e acabou com seu noivado, com Rachel, que agora também cuida dele e do “Spot”.

  Continua Depois da Publicidade  

“Ele queria ser capaz de explorar coisas diferentes e eu simplesmente não entendia. Eu não queria entender,” disse Rachel.

Este claramente não é um estilo de vida para todas as pessoas, mas para ele, é a melhor coisa do mundo.

Tom e “As Vidas Secretas dos Humanos Cães”

“Você desaparece, começa a correr atrás de brinquedos de cachorro e as pessoas coçam as suas orelhas e te tratam como um cachorro”, disse Tom“Eu estou muito feliz, orgulhoso de quem eu sou e com o que eu pareço e não me importo com o que as outras pessoas pensam.”

Tom também participou do concurso Mr. Europa (http://www.mrpuppy.eu/), no qual ficou em terceiro lugar.

Tom passou a promover o documentário “The Secret Lives of Human Puppys” pois acredita que ao colocar uma cara (humana) no Pet Play, ajudará e tornará mais fácil para aquelas pessoas que têm o mesmo interesse.

“Algumas pessoas entendem isso melhor do que outras,” disse Tom.

Se antigamente quando a vida não andava muito boa as pessoas a chamavam de “vida de cão”, hoje isso literalmente mudou, e há pessoas que fazem de tudo para terem suas vidas mais parecidas possível com a dos cães, como por exemplo estes homens que se vestem como cães por prazer dentro do BDSM.

Você já tinha ouvido falar no Pet Play? O que achou dessa prática? Você também possui algum fetiche diferente como esse? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
  Continua Depois da Publicidade  

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*