Home » Relacionamento » Problemas e Desafios » 7 Razões Para Sua Esposa Estar Tão Estressada
Esposa estressada

7 Razões Para Sua Esposa Estar Tão Estressada

Muitos homens vão ao consultório de sua terapia reclamando que a sua esposa está muito estressada o tempo todo. E às vezes as palavras que eles usam não são assim tão brandas. Basicamente, muitos maridos desabafam com frases do tipo: “Minha esposa e eu trabalhamos, mas quando eu chego em casa, não é o fim do mundo para mim. Para ela, no entanto, é o um pesadelo. Tudo é motivo para reclamar: os pratos na pia, se comemos tarde, se as crianças estão brincando por alguns minutos e não estão escovando os dentes. Qual é o problema dela? Se ela não fosse tão estressada, a nossa vida em casa seria muito mais tranquila.”

Para nós, para não ser difícil simpatizar com o cara que só quer abrandar a situação e viver com mais tranquilidade em casa, local que deveria ser o principal canto para recarregar as baterias. No entanto, temos que ser solidários com as mães que vivem sempre a mil por hora, pensando em inúmeras coisas ao mesmo tempo, tendo que lidar com as obrigações da casa e as responsabilidades do trabalho, tomar conta dos filhos, etc. Tem horas que elas simplesmente explodem e não aguentam mais, e obviamente sobra para o marido (principalmente) e para os filhos.

Abaixo segue uma lista dos motivos mais prováveis pelas quais sua esposa anda tão estressada! Acompanhe e tente solucionar.

1. As mulheres são julgadas de forma diferente à dos homens

Aqui vai um exemplo simples, mas que envolve julgamentos completamente diferentes. Se seu filho está usando roupas que não combinam e você o leva para a escola assim, todos dirão: “Ah que bonitinho, o pai cuidando do próprio filho” Agora, se uma mãe traz um garoto na escola com essas vestimentas, os professores, os outros pais e qualquer outra pessoa que estiver ao redor irá pensar: “Hmm será que ela é alcoólatra ou algo assim? Pobre criança.”

2. Pressão e cobranças

Na teoria é muito fácil dizer: “Eu não me importo com o que as pessoas pensam sobre mim!”. É realmente bom dizer isso, especialmente se você não é pai, nem mãe. Mas, como no exemplo dos filhos é muito importante que os pais tenham uma preocupação constante para que eles não entrem na escola já sendo julgados, pois é bem provável que seja mais difícil fazer amizades, as crianças podem ser alvos de comentários maldosos, serem excluídas das panelinhas, enfim, é tudo mais complexo do que vocês imaginariam.

Se as crianças estiverem com roupas sujas, que não combinam ou se o lanche que vocês prepararam for de baixa qualidade, as outras crianças vão olhar com desprezo (porque tudo é competição na infância) e isso irá interferir na interação do seu filho, e consequentemente no seu rendimento escolar. É uma questão relacionada ao reino animal e à evolução das espécies, basta reparar, mamíferos precisam se adequar ao ambiente que vivem ou eles são deixados de lado para morrer.

Sua esposa já sabe disso e é por isso que ela tanto se preocupa em deixar o filho impecável e asseado para a escola, que ele escove os dentes, e além disso, é por isso que ela “perde” um tempão preparando o lanche para o almoço, dentre outras funções.

Esse sacrifício que ela faz é essencial para que o filho de vocês se insira no ambiente hostil escolar e possa se desenvolver e aprender. E ter que lidar com tudo isso, com os julgamentos e a pressão é realmente muito estressante.

3. As mulheres são mais intuitivas do que os homens

As mulheres são mais intuitivas e isso se manifesta em ações do dia a dia, quando ela fica insatisfeita porque houve atraso no almoço e outras coisas. A mulher pode ficar chateada por pequenas coisas porque é mais sensível e tem uma percepção maior das coisas. Enquanto você pensa que “é só um almoço 30 minutos mais tarde”, ela já está pensando à frente, que esse atraso vai atrapalhar e adiar as outras tarefas ou programações que estavam planejadas e, se as mesmas forem realmente importantes, você irá perceber a expressão de desgosto facilmente no rosto dela.

A mulher anda com um cronograma e agenda fixa em sua cabeça e quando as coisas perdem o controle ou desandam, ela pode simplesmente perder o foco e a calma por ter de improvisar ou mudar seu planejamento.

4. As mulheres precisam dormir mais do que os homens

Mulher que dorme mal fica de mau humor. Uma noite bem dormida é imprescindível para sua esposa acordar bem disposta e humorada no dia seguinte. Caso contrário, ela acordará já estressada e ligada no “220”.

Isso ocorre porque geralmente as mulheres são as que acordam mais no meio da noite para cuidar das crianças ou dormem mais tarde porque adiantam os afazeres do dia seguinte, e isso contribui para que a noite de sono profunda se reduza consideravelmente. Um revezamento nas atividades sempre ajuda.

5. As mulheres se preocupam muito com questões domésticas

Isto está relacionado com os pontos #1 e #2: Mulheres são julgadas de forma diferente e são constantemente pressionadas. Portanto, sua esposa sabe que se sua casa está um desastre, com vários brinquedos espalhados, poeira nos móveis, sujeira à vista, as outras mães irão julgá-las.

Antes de você dizer que as pessoas não devem se preocupar e nem reparar se uma casa está suja e que isso não é problema delas (você tem razão), faça uma reflexão por um instante. Se você, antes de se casar e ter filhos, fosse um homem viril e foi a um encontro com uma mulher que era divertida, espontânea, bonita e que adorava dançar, o pensamento que você terá é que provavelmente ela também é “boa de cama”.

As pessoas julgam e fazem suposições o tempo todo sobre os outros com base em algumas observações. Você, ao avaliar a personalidade dessa mulher inventada, logo poderia supor que o sexo entre vocês seria intenso e inesquecível.

Na vida é exatamente igual. Quando alguém é convidado para entrar em uma casa, o mínimo que se pode esperar é que a casa não pareça um beco imundo de um submundo qualquer. Manter uma casa impecável é um exemplo de como a sociedade funciona. Portanto, se sua esposa quer a sua casa sempre limpa, provavelmente é porque ela pensa que não quer que julguem vocês como irresponsáveis e sem higiene.

Ela deve pensar: “Eu quero que outras pessoas possam ver a nossa família como um grupo razoável de humanos que se encaixam na sociedade e com quem eles podem se relacionar, fazer amizades e não nos vejam como extraterrestres, sem conhecimento doméstico nem bons modos sociais.”

6. Sua mulher quer se ser ouvida

Sua esposa quer que você tenha empatia, compreenda e se solidarize com a ansiedade ou estresse dela. Então, quando ela está um pouco estressada, e você ao invés de confortá-la e apoiá-la tenta minimizar seus sentimentos, ela irá ficar ainda mais irritada e ansiosa com você e com tudo, a fim de transmitir a você o quão chateada ela está. Ela só ficará satisfeita quando você finalmente entender a importância da situação e responder com empatia, preocupação e amor.

O problema é que você está na outra extremidade, tentando agir com calma para equilibrar a situação e minimizar os problemas, mas neste caso, essa reação pode ser um problema para ela. Ao invés de confortá-la, dizendo que está tudo bem, ela talvez prefira que você se irrite junto com ela. É uma situação que na psicologia chamamos de “polarizada”, quando um fica em um extremo, no caso a esposa como “megera neurótica”, e você no outro extremo, como “o cara mais tranquilo do mundo”. Um exemplo de um diálogo corriqueiro que demonstra isso:

  1. Esposa: Deus, vamos nos atrasar.
  2. Você: Não é um grande problema.
  3. Esposa: Sim, é. Nós ainda vamos ter de estacionar e fazer outras coisas também.
  4. Você: Estacionamento não é problema.
  5. Esposa: (GRITANDO) Estacionamento é um problema! Então nós temos que arrumar os carrinhos de criança!
  6. Você: Achar vaga na rua é fácil. Eu posso carregar os carrinhos em dois segundos. Nós não precisamos nem de carrinhos de bebê, na verdade.
  7. Esposa: O que diabos você está falando???? Temos que sair neste exato momento!!! Porque sou eu sempre a única que sabe o que precisamos FAZER????
  8. Você: Você pode apenas relaxar?

Essa dinâmica horrível de tentar satisfazer sua esposa, quando ela está tomada pela ansiedade e estresse, é o pior erro que você pode cometer, por mais que você realmente ache que ela está exagerando, se você agir de outra forma, tudo pode ser muito melhor. Ela provavelmente ficará menos estressada e vocês evitarão uma discussão sem sentido. Veja um exemplo abaixo de como você deve agir:

  1. Esposa: Deus, vamos nos atrasar.
  2. Você: Caramba, olha a hora! Nós ainda vamos ter de descarregar as crianças e arrumar os carrinhos também! Eu deveria ter começado a colocar as crianças no carro há 10 minutos! Isso é péssimo.
  3. Esposa: Hum … bem, está tudo bem. Não se preocupe.
  4. Você: Eu odeio quando ficamos todos estressados porque estamos atrasados!
  5. Esposa: Está tudo bem. Vamos apenas torcer que tenha vaga para estacionar.
  6. Você: Ok.

7. As qualidades se tornam defeitos

É comum você perceber que os trejeitos e personalidade da sua esposa quando a conheceu eram mais vistas como qualidades, como quando o perfeccionismo, ansiedade e a visão detalhista dela trabalharam para fazer uma festa de aniversário surpresa pra você ou quando ela programou uma viagem interessante e romântica para os dois com um pacote promocional que ela achou na internet.

E o que dizer das pequenas coisas, como ela lembrar de fazer alguma coisa muito importante que você tinha esquecido, pagar as contas ou ser tão organizada e se adiantar às obrigações e em preparar com antecedência a festa de aniversário das crianças. Nessas horas tudo parece lindo, não é mesmo?

Porém, são essas mesmas qualidades que eram bem vistas no início do relacionamento que podem ser encaradas como defeitos em relacionamentos de longo prazo, pois toda essa pressão em ser sempre organizada, detalhista e perfeccionista pode fazer com que ela se desgaste, principalmente se ela tiver que fazer tudo sozinha.

Assim como ela sabe cuidar de você e das crianças como ninguém quando estão doentes e você valoriza isso mais do que tudo, você precisa também entender quando ela age dessa mesma maneira para assuntos “aparentemente pequenos”. Estar lá, presente, apoiando e se voluntariando para ajudar sempre é necessário para a harmonia de qualquer matrimônio.

Você já percebeu que sua mulher poderia estar estressada por algum desses motivos listados acima? O que procura fazer para minimizar ou evitar isso? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Um comentário

  1. Estou com uma ficante que só teve dois namorados a julgar que ela nao curte se masturbar e o sexo é de luz apagada nota 6/10 .Ele esta muito carente com o fim recente desses relacionamentos e ficamos no primeiro encontro.Ela mora longe e nao vamos poder nos ver agr esta semana de feriado.
    Confortei ela atravez do presente que dei quando ele veio mas as vezes tem efeito contrario.tentei combinar quantas x vezes vamos falar mas sem sucesso …. ela mesma pode acabar com esse relacionamento indo com muita sede ao pote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *