Lésbicas

3 Coisas que as Lésbicas Podem te Ensinar Sobre Orgasmo Feminino

Você pode aprender um monte de coisas com uma mulher que ama seios tanto quanto você: as lésbicas têm orgasmos mais frequentes que a maioria das pessoas.

O orgasmo feminino é algo um tanto quanto difícil de dominar, porém, as mulheres lésbicas possuem uma certa vantagem em relação a isso. Elas entendem exatamente como as mulheres sentem o sexo, tanto fisicamente como mentalmente.

Assim, elas estão em uma posição melhor para “gastar” o tempo com certos movimentos que podem ajudar a sua parceira a chegar ao clímax, é o que explicou o doutor David Frederick, autor principal do estudo e professor da Universidade de Champman, na Califórnia, Estados Unidos.

Assim, se você quer levar a sua parceira ao orgasmo, não se desanime e siga esses conselhos que as lésbicas entendem sobre o orgasmo feminino e que você pode aprender muito com eles.

1ª Dica para o orgasmo: tome o seu tempo

Os pesquisadores chegaram ao resultado de que a duração do sexo (iniciando o cronômetro nas preliminares) é uma das maneiras mais seguras de saber se ela terá um orgasmo apenas depois do sexo oral. O grande problema é que os homens se excitam muito mais rápido e fácil do que as mulheres, o que tende a encurtar a sessão.

Por outro lado, os casais lésbicos não têm problema em tomar seu tempo, explica Frederick. De fato, 74% das mulheres lésbicas tiveram relações sexuais por 30 minutos ou mais durante o seu último encontro sexual.

Os pesquisadores descobriram que menos da metade das mulheres heterossexuais chegaram à marca da meia hora.

Frederick sugere que você tente chegar aos 30 minutos ou mais na cama, incluindo as preliminares. O que irá te levar para a próxima dica…

2ª Dica para o orgasmo: o sexo oral é a chave

O especialista garante que o sexo oral é a maneira mais segura de saber se uma mulher terá um orgasmo ou não.

Frederick explica que é mais provável que as lésbicas foquem menos na penetração vaginal e confiem mais no sexo oral para provocarem mutuamente um orgasmo.

O sexo oral te dá acesso direto ao clitóris da sua parceira, o que é muito importante, devido ao fato de que as mulheres precisam de algum tipo de estimulação para alcançarem o orgasmo de acordo com o Instituto Kinsey.

3ª Dica para o orgasmo: o prazer é uma coisa recíproca

Quando os casais heterossexuais têm relações sexuais, tendem a seguir um roteiro: penetração, orgasmo, terminar o sexo e provavelmente acabam dormindo, indicou Frederick.

O que as mulheres lésbicas fazem de diferente?

Frederick explicou: “Pode ser que com elas existam mais trocas de turnos. Uma alcança o orgasmo e logo leva a outra pessoa a alcançá-lo. Não existe necessariamente esta tendência de ‘uma pessoa alcançar o orgasmo e o sexo termina’ como vemos nos casais heterossexuais”.

O que você pode fazer para evitar isso: leve a sua mulher ao orgasmo antes de começar com a penetração vaginal (olhe a 2ª dia), é o que sugere Frederick. Você também poderá estimular o clitóris de sua parceira manualmente durante o sexo para incrementar as possibilidades de que alcancem o orgasmo juntos.

Essas são as 3 coisas que as lésbicas podem te ensinar sobre orgasmo feminino, basta memorizá-las e colocá-las em prática!

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você acredita que essas dicas de lésbicas podem lhe ajudar a ser melhor na cama? O que pretende mudar em suas relações sexuais? Comente abaixo!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*