Casal em Discutindo

10 Sinais Que Você Tem um Casamento em Crise

Um dos maiores erros que casais casados cometem é começar a dar como garantido seu relacionamento. Eles seguem o status quo, seus olhos estão fechados para a mudança do seu casamento até que um dia, ou um ou outro se surpreende com a entrega dos papéis do divórcio. Então, se você não quer ser pego de surpresa, preste atenção à saúde matrimonial e se você vir algum destes indesejados sinais, certifique-se de sentar com sua esposa e resolver as coisas. Aqui vão dez sinais vão te ajudar a fazer um balanço do seu casamento em crise:

Você parece não ter mais o que dizer para sua esposa

Você pode estar vivendo debaixo do mesmo teto que sua esposa e realizando deveres da rotina, mas ainda assim não têm nada a dizer um para o outro. Viver no silêncio é frequentemente um dos primeiros sinais de que nem tudo está bem no relacionamento. Entretanto, não confunda isso com o silêncio amigo que os casais compartilham em um casamento longo e satisfatório. Esse é um caso de duas pessoas que se conhecem tão bem que se sentem confortáveis com o silêncio e não têm a necessidade de conversas casuais. Mas no caso de um casamento em crise, o silêncio forma uma atmosfera árida e sem amor, onde duas pessoas não têm nada para dividir.

Vocês não têm mais interesses em comum

Se lembra no começo do casamento, quando vocês faziam várias coisas juntos? Apesar de ser natural com o passar do tempo que cada um encontre seus próprios nichos de interesse no relacionamento, não é comum que os parceiros se desfaçam de todos os interesses comuns. Se você acha que não mais fazem coisas divertidas ou interessantes juntos, considere isso um aviso sobre a saúde do seu casamento.

Você está sujeito a constantes críticas da sua esposa

Um dos sinais claros de um casamento em crise é quando os parceiros começam a afunilar problemas mais amplos em críticas de tarefas do dia a dia. Se você acha que não consegue fazer nada certo aos olhos da sua parceira, considere o que está por trás do criticismo constante e sem fim. Você se sente intimidado e perpetuamente tenso em relação à atitude negativa implacável? Se sim, então talvez seja hora de falar dos assuntos subjacentes no casamento.

Você é o último a saber

Um casamento em crise é fortemente caracterizado por uma falha de comunicação entre os parceiros continuamente. Nessa situação, sua parceira vai parar de dividir informação com você sobre sua vida profissional e social. Você descobrirá sobre suas conquistas no trabalho ou problemas com membros da família por terceiros, como o colega da sua parceira ou vizinhos dos pais dela.

Sua parceira está amarga em relação ao passado

Um indicador infalível, mas que parece inofensivo, do estado do seu casamento é a reação da sua parceira à pergunta de como você se conheceram. Se sua parceira parece amarga em relação ao passado e faz algum comentário sarcástico como “ele me agarrou” ou “eu cansei de dizer não a ele” diante de convidados, considere isso um dos sinais de que sua esposa está insatisfeita com o casamento. Memórias dos primeiros encontros e reuniões devem ser apreciadas em um casamento feliz e quando isso se torna amargo, é hora de fazer um balanço do que está errado.

Aparências físicas não importam mais

No começo do casamento, casais cuidam muito de como aparecem um para o outro. Com o tempo, o nível de conforto aumenta e parceiros se tornam muito mais relaxados em relação à necessidade de aparentarem “perfeitos” um para o outro. Entretanto, se você notar que sua parceira sofreu um declínio repentino e radical na aparência e higiene, pode ser porque ela não se importa mais se você a acha ou não desejável. Essa completa falta de interesse é um indicador de um casamento em crise e cedo ou tarde ela pode querer sair dele.

Quando distrações são usadas para evitar problemas reais

Seu casamento pode estar em dificuldades se ambos usarem distrações para evitar lidar com problemas do relacionamento. Sinais comuns disso são a televisão sempre ligada ou música tocando constantemente, que são ferramentas convenientes para evitar prestar atenção no outro. Você sempre tem uma coisa a mais para fazer antes de se se aquietar ou é sua esposa que está sempre se escondendo por trás do jornal? Se sim, então é hora dos dois cortarem as distrações e focarem no relacionamento, antes que seja tarde demais.

Vocês ficam brigando pelas mesmas coisas do mesmo jeito

Se as discussões no seu relacionamento parecem ter empacado nas mesmas brigas repetidamente, é evidente que você está em um casamento em crise. A inabilidade de comunicar pensamentos e sentimentos de forma eficaz é frequentemente o passo inicial em direção ao fim de um relacionamento. Tome a ajuda de um terapeuta, se ambos parecem incapazes de resolver os problemas sozinhos.

Falta de confiança

Você certamente tem um casamento em crise se vocês não confiam mais um no outro. A fé mútua é fundamental para qualquer relacionamento significativo, incluindo o casamento. Se você duvida constantemente de onde sua parceira está, ou se sua esposa suspeita que você é infiel, claramente algo está profundamente errado aí.

Não há mais intimidade no seu casamento

A intimidade é o ato que permite um homem e uma mulher se ligarem como casal. Apesar da ausência de sexo no casamento ser considerada uma bandeira vermelha grande, terapeutas falarão que os primeiros sinais de um casamento em crise vêm muito antes. Esteja avisado se você notar que ambos pararam de se deitar no sofá juntos. Isso reflete uma distância física crescente entre os parceiros, que está intrinsicamente relacionada a uma brecha emocional que se alarga.

Todo casamento é único, já que é um novo relacionamento feito pela junção de dois indivíduos únicos. Assim, suas forças e fraquezas, picos e personalidades estão fadados a serem diferentes de qualquer outro. Ainda assim, há sintomas comuns que podem ser avisos e se você encontrá-los no seu casamento, não perca mais tempo e resolva logo todas as questões pertinentes.

Você acha que tem um casamento em crise? Quais são os sinais relacionados acima que você consegue identificar em seu relacionamento? Comente abaixo a sua preocupação!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (49 votos, média: 3,86 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

223 comentários

  1. Gente sou uma mulher e entendo vcs …

    Dou palestras para casais e acreditem pra tudo tem uma solução, mas depende do tanto de forças e energias que você está disposto a investir.

    Não é fácil, mas o resultado é único. A minha maior felicidade é quando Deus me ajuda a ajudar quem precisa reconstruir seu casamento.

    Posso ajudar individualmente a cada um que precisar. Deixo meu e-mail: [email protected].

    No que eu puder ajudar contem comigo! Um grande abraço !

  2. Eatou em um relacionamento faz 7 anos e perdi a vontade de fazer sexo com ele. Brigamos todos os dias por coisas banais. Ele me procura mas só a idéia de fazer sexo com ele me dá aversão. Ele mudou muito o comportamento dele comigo e sei que mudei muito também, mas sinto falta do tempo em que ele era carinhoso comigo. Sou muito romantica e acho que o fato dele me tratar com frieza, contribuiu para ter me distanciado. Ele me procura, mas percebo que é só para se aliviar. Não quero ser tratada como um objeto. Estou em depressão com esta situação. Penso em me separar, mas gosto dele, apesar da frieza com que ele me trata.

    • helena, boa tarde!
      tb passo pela msm situação
      vc tem algum telefone.

    • Entendo você Helena estou passando a mesma coisa no meu casamento,identico a vc so que no meu caso ela nunca me rocura nem ra sexo e semre eu se quero algo e percebo que ela faz sem vontade apenas por fazer.to muito triste e sem saber o que fazer

    • Oi boa noite, gostaria de deixar aqui meu comentario
      Meu nome é jennifer estou escrevendo juntamente com meu esposo David
      passamos pela mesma situação. Só que no meu caso ´´Jennifer´´ sou eu quem não tem vontade de fazer sexo e as vezes nem de conversar sobre o assunto. tem 5 anos e 6 meses que nos casamos, no total com tempo de namoro são 9 anos e 6 meses que estamos juntos. eu tenho 25 anos ele 26.
      ja não temos mas desculpas um para o outro nos ajudem nem que seja com uma oração kkkk
      bjss…… bom nossos problemas estao bem longe de acabar mas no mais é isso ai.

  3. Helena, tá faltando diálogo entre vocês, se gosta dele ,deixaram perder algo nesse caminho pra estar acontecendo isso.
    Por que não tentar bater um papo e dizer a ele o que pensa e deixar ele expôr o que está sentindo.
    Se coloquem no lugar do outro.
    Sexo une casal ,mas para haver sexo tem que existir conquista, explique o que sente falta.
    Namorar acredito, os homens tem o costume de criar uma zona de conforto, e deixar de conquistar a mulher que está alí ao lado,justamente por estar ao lado.
    Parem as brigas e conversem,pergunte a ele o que sente por você, geralmente o homem relaxa com o sexo ,mas a mulher precisa relaxar pra querer sexo,vocês precisam encontrar esse caminho, e olha que é possível.
    Só existir amor e paciência ,os dois podem encontrar o melhor caminho para viverem bem !
    Boa sorte.
    Meu email [email protected]

    • Passo por isso tbm em que a Helena relatou., porem o Dialogo nao funciona com ele . Ele parece nao entender, ja faz anos que digo oq eu qro dele e parece uma pedra,nao sente o desespero q sinto de desabafar algo que me destroi por dentro,ele parece inerte.. parece q nao tem sentimento, nao entendo .. nao importa o q eu fale.. nao sei o que fazer… estou destruida.

  4. Bom dia, já postei algunhas vezes aqui, acho que já rã chato o que falo, sabe qual o problema de todos nós? Rotina. Se qualquer uma das parte se deixar cair na rotina, pode acreditar, a estratégia terá que ser muito boa p sair. Faz anos que meu relacionamento caiu na rotina e, infelizmente, essa de conversar só faz efeito por alguns dias, depois tudo volta, já pensei muito, muito em me separar mas ainda não tive coragem, já falei horrores a ele, já conversei civilizadamente, já gritei, já brinquei, já solteira indiretas, ou seja, já procurei este bendito diálogo de várias formas, ele passa uma semana ou pouco mas maravilhoso, depois tudo volta, eu acho que estou tão cheia que não tenho mas forças para lutar, e também não sei se quero e se vale apena, ele é um pai espetacular, uma pessoa de coração imenso, não vive de farra, bebê pouco, mas não são só estes fatores que destroem um relacionamento, aconteceu um fato horrível comigo e ele não me defendeu, o vizinho estava me olhando e se masturbando, disse liguei imediatamente para meu esposo, ele disse deixe que resolvo, ao chegar a noite o chamei para irmos resolver e ele disse que iria esperar a próxima, e ficou por por isso mesmo e ele age como se nada tivesse acontecido, quer dizer tenho uma filha de um ano e nove meses e passo o dia sozinha em casa com ela, Zé este homem pular meu muro e fizer uma desgraça comigo e minha filha? Os de casa fazem quanto mas os de fora, acho que isso só destruiu mas ainda o que já estava indo por ralo abaixo.
    Bem estou insegura e me sentindo sozinha e agora? Conversar? Para que?

  5. Já conversamos, mas ele sempre fala que a culpa é minha. Começa a passar na minha cara todas as coisas que faço e falo, se fazendo de vítima e dizendo todo tempo que vai sair de casa. Fico muito triste com as suas atitudes. Um dia desses ele fez sexo comigo, mas porque ele veio pra cima de mim dizendo que eu tinha que fazer sexo com ele porque eu era sua mulher. Esta atitude machista e fria me deixou mais triste ainda, pois me senti usada. Fala que eu estou expulsando ele de casa e que amanhã posso não ter mais ele dentro de casa. Ele não reconhece que seu comportamento mudou e contribuiu para esta situação. Se faz de vítima e diz que ele éstá sendo maltratado. Diz que eu vou sentir muita falta dele. Vou mesmo, mas sou muito orgulhosa pra falar. Ao mesmo tempo me pergunto se vale a pena passar por tudo isso. vivendo sem paz e em depressão. Tenho consciência que o tenho tratado mal e com frieza também, mas parece que existe uma barreira muito grande entre nós. Às vezes penso em me aproximar, fazer um carinho, falar alguma coisa que ele goste de ouvir, mas não consigo. A barreira está tão grande que não consigo, com medo que ele seja grosseiro ou leve na brincadeira, jpgando piadinhas. Não sei o que fazer…

  6. gente me ajude meu esposo tem um problema ele é muito rápido no sexo e é daquele que não admite ter problemas, mais sinto mal com isso porque ele não pensa em mim só nele. oque vcs me falam?

  7. Boa tarde,
    sou casada há 21 anos, quando casei tinha 15 anos e ele 18, tenho 3 filhos, uma de 19, 17 e 14 anos, e estou passando por todas as fases acima mencionadas. Meu esposo desde que casamos me traia, não importava quem era se era mulher ele estava me traindo, vivi em uma depressão grandiosa, engordei muito, minha vida era só comer e dormir, dormia no intuito do tempo passar, quando ele voltava do trabalho ele me procurava e eu aprincipio sempre sedia e nós faziamos amor, porém muito poucas as vezes eu senti prazer com ele, como não tinha nem uma esperiência eu até achava que era normal o que eu sentia, lembro bem que comentei até com ele que quando engravidava eu sabi que aquele dia eu havia engravidado e ele perguntava pq? eu apenas dizia que daquela vez havia sido diferente, tinha sido bom, esqueci de expor anterior que ele foi meu primeiro namorado, nunca havia transado cm ninguém e morando em uma cidade pequena a moça que perdesse a vingidade teria de casar, embora nunca tenha sido forçada a isso diretamente, apenas sutilmente pelo meus pais, antes de namosra cm ele sempre fui colocada para baixo por minha irmã mais nova, pelas amigas, então quando passei a namorar cm ele achei que ele seria o unico a me querer. Quando estavamos com 8 anos de casados uma pessoa me falou algumas coisas que fizeram com que parde de mim acordasse, e dai então voltei a estudar, sem apoio dele e muito menos da ´minha família, pois segundo eles eu era ua mulher casada e mãe de 3 filhos em vez de estudar eu tinha de tomar de conta a minha casa e filhos, mesmo com tantas coisas consegui terminar meu colegial, e partir para faculdade e trabalho, sempre sendo criticada, no trabalho sempre fui destaque, e era promovida rapidamente onde eu ia, meu esposo ficou estagnado como motorista e longe da criação dos nossos filhos, como profissionalmente eu estava bem eu pedi a ele para estudar pq esse era o meio dele participar mais da criação dos nossos filhos, pois bem completando o 17 anos de casados ele resolveu estudar e lá se encantou por uma pessoa, o que seria motivo de aproximação famíliar passou a ser nossa fonte de separação, ele saiu de casa e foi morar com a pessoa que ele conheceu na faculdade, eu e nossos filhos ficamos na lona, emagreci 40k dentro de 6 meses, virei uma nova mulher fisicamente, porém como creci e vivi com a alto estima muito baixa, não tinha olhos para ninguém, me converti hoje sou crente, e passei a orar Deus para que minha família fosse refeita e Deus me ouviu, 6 meses depois de sepados voltamos, porém não era completo, passavamos meses sem os tocar e quando nos tocavamos eu apenas o satisfazia, poucas foram as vezes que eu me satisfiz, sem contar que antes da eparação por intermedio de conversa cm amigas aprendi a me mastubar, pois devido ñ sentir prazer eu passei a recusa-lo e depois quando por insistencia dele eu faia amor eu passei a sentir dor quando tinha relação e com a mastubação eu diminuia essas dores, sempre ele me apontou como a doente, procurei milhões de médicos e sempre obtinha o mesmo diagnostico vc não tem nada, tudo perfeito, lubrificação, ultero, ovarios e etc, cheguei proximo da loucura pq dizia a ele que o problema não era comigo e sim cm ele que tinha e tem ejaculação precoce, e com isso eu não conseguia ter tempo para me exitar, o ultimo medico que procurei foi uma fisioginecologica, essa fiz questão de leva-lo comigo para ele poder presenciar o q u já sabia que eu não tinha nada, com muita oração e depois de muito pedido a Deus ele se converteu e passou a não mais me trair e ele passou a querer estar grudado em mim 24h, até mesmo no meu trabalho, em encontro cm amigas da faculdade, etc, como ele diz soos casados e um só carne, isso me sufocou pois sempre fui despresada e tida apenas como uma maquina de sexo, infelizmente sei que seri criticada, mas há 4 meses conheci uma pessoa e me envolvi com ela, comprovei que eu não sou doente e que no ato do sexo eu não senti dor e pela primeira vez senti prazer completamente, depois disso o que já era ruim com meu esposo ficou pior, continuo com minhas obrigações de mulher, não nego a ele nada, porém não sinto mais nada, não quero beija-lo, porém beijo quando ele quer, não quero tranzar, porém tranzo quando ele quer, não quero sair de ksa cm ele, mas saiu quando ele quer, vivo apenas fazendo o que é obrigação e não por prazer, ele está tentando de tudo para reverter a situação, já procurou medico para ejaculação, hj tenta me satisfazer, olha e me elogia, tenta me elevar a lto estima, porém não sinto nada isso está me matando e não sei o q fazer, estou desesperada, com medo de errar, sem saber como proceguir cm algo q acho q nunca existiu…

    • Já ,o que existe é falta de tesão mesmo,ele quer reconquista-la mas me parece que não aceita isso.
      O sexo só é bom quando os dois tem tesão, o fato de você não sentir entusiasmo, desejo e porcsua mente pra preparar seu corpo, faz com que sinta dores.
      Tem que haver perdão entre vocês, e voltarem a namorar, sentir desejo,conversem sobre sexo,o que te agrada,no caso da ejaculação precoce, ele tem que ir pro sexo sem estresse,relaxado e com a mente focada no seu prazer.
      Só vocês conseguem dar a volta por cima,casaram muito cedo,rotina desgasta a relação, os dois precisam de criatividade e se colocar no lugar do outro para esquecer as mágoas e ao menos tentar.
      Coloque pra fora tudo e ele precisa fazer o mesmo,vocês tem que recomeçar do zero.

  8. Estou casada a 8 anos mas estamos juntos a 10 anos. Temos 2filhos de 8 e 5 anos e 1 bb de meses . Moravamos em apartamento mto pequeno e agora recentemente mudamos p uma casa grande . E eu nao consigo dar conta de tudo, minha bebe chora mto ate perder o folego e so quer colo e se acalma so comigo. Dai ele chega do servico e ve as coisas fora de ordem e briga comogo mas tbm nao ajuda em nada. E qdo faz alguma coisinha faz emburrado batendo as coisas e xingando e fica sem fala comigo.
    Faz uns meses q ele comecou a sair mais com os amigos p andar de bicicleta, jogar bola e ir no buteco… De hm tempo p ca uns 2 meses aumebtou o numero de idas no buteco e comecou a desligar o celular ou nao atender dizendo depois q nao ouviu tocar mesmo eu avisando q ia ligar … Qdo falo p gente sair com as criancas ele nunca tem tempo nem dinheiro dai fala se quiser pede alguma coisa em casa mas sair nao quer sair comigo … Mas p jogar bola, andar de bicicleta com os amigos , churrascos no qual nao sou convidada de ir junto, e botecos ele tem tempo dinheiro e disposicao…
    Hj quebrei o pau com ele pq nao aguemto mais liga e ele nao atender… Dai brigamos peguei o celular dele e ele saiu de casa voltou meia noite e meia dai tomo banho pediu o celular e nao dei dai ele pegou minha carteira com cartao documentos e tudo… Tava ligando p ele pq meu filho ta com dor de ouvido e ele nem sabe . Pior q pegou minha carteira e escondeu nap sei o q faco p levar meu filho no medico amanha e p salva meu casamento… Amo mto ele mas ta dificil aceita ele ter uma vida de solteiro sempre saindo sem mim e nao me deixa nem tdabalhar… Me ferrei pq se separarmos nao tenho nada ele ta me deixando com uma mao na frente outra atras … Nao quero me separar … Quero q ele assuma q ta errado e que mude… Nao da p aceita eoe saindo s atender o celular e chega como se estivesse tudo bem… To mto brava com ele

  9. Sou casada a quatro anos e meu casamento nunca foi bom,fui muito humilhada pq morava na casa dele engravidei depois de alguns meses de casada. Nós mal conversamos ele fica o tempo td no celular no zap ele tem papo com td mundo menos comigo,sinto muita falta de ter uma pessoa que posso conversa e beijar e ver que essa pessoa quer o meu bem. Pois vejo que ele não quer o mu bem,ele e egoista, avarento e só consegue ter carinho pelos filhos. Meu Deus queria tanto que esse casamento acaba se pq me faz tão mal viver assim, sinto tanta falta da pessoa q eu era antes de me casar:(

  10. Olá, sou casado há 27 anos, em 2006 me separei de corpos mas continuei morando no mesmo quintal numa outra casa nossa de 3 cômodos. E ali morei de 2006 até 2008(2 anos). Durante esses dois anos “separado” arrumei outra pessoa com a metade da idade dela mas isso pouco importa, a questão é que nos apaixonamos e ela fazia o que a minha “ex-esposa” já não fazia mais que é o amor e o carinho por mim. Este relacionamento durou um ano e meio mais ou menos e acabou não dando certo e terminamos pois ela queria que sempre fosse vê-la só que ela mora em Florianópolis e eu em São Paulo, então para nos ver tinha que gastar muito com viagens. Daí minha ex-esposa naquela ocasião resolveu investir mais na minha reconquista e conseguiu e assim nosso casamento deu uma melhorada pois sentamos e conversamos e resolvemos continuar em frente com o casamento. Ocorre que, agora, após 10 anos minha esposa está com os mesmos sintomas de antes que é a indisposição para o sexo e pois já faz 04 meses que não temos nada e o incrível é que pra ela parece estar tudo bem, ou seja, se eu a procuro ela se esquiva e da qualquer desculpa esfarrapada, se não procuro parece que faço favor! Já estou cansado de bancar o palhaço em procurá-la e ouvir qualquer desculpa esfarrapada, acho que estamos chegando ao fim, pois sempre pensei que casamento não é eterno mesmo. Não acredito em reconciliação mas também não posso morar em outro lugar pois não quero ficar longe de meus 02 filhos, estou pensando em fazer a mesma coisa que fiz em 2006, separar apenas de corpos e continuar no mesmo quintal, o único problema é que não vou ter privacidade para levar quem eu quiser para lá, mas isso a gente contorna, e a propósito, a mesma mulher com quem eu tive relacionamento em 2006 está me procurando novamente coincidentemente pois ela nem sabe da minha crise no casamento. aguardo opiniões ou sugestões de vocês amigos. abraço a todos!!!

  11. Gente legal, mas não tenho mais prazer por ela, na cama, evitamos um encostar no outro, conversa, sempre partiu de mim a atitude, no sexo parece que sempre que ela goza ou finge, no dia seguinte sempre arruma um jeito de encrencar comigo, seja por dinheiro, cerveja, futebol, mulheres, etc… aí tome-le dias sem se falar, beijar na boca, sempre tem desculpas, falta de ar, dor de dente, dor de cabeça. Não é fácil, por isso decidi, vou me separar, vou morar sozinho e não quero mais mulher morando comigo. posso ter uma namorada, ela lá e eu no meu canto, temos 3 filhos lindos 3 netos maravilhosos e antes que as coisas cheguem ao extremo, decidi ir embora; fora que tem a questão dos bens, a vai embora! não assino nada, paciência, sobra o litigio, melhor que eu enfartar.

  12. Fernanda Muniz

    Gente preciso de ajuda de vcs.
    Tenho 36 anos mora com um homem de 48 anos a quase 3 anos.
    Tínhamos uma relação ótima mas de um tempo pra ca ele não toma banho para dormir comigo.
    Gente preciso saber o que está acontecendo.
    Me sinto um lixo de mulher.
    Eu não me deito na cama sem me perfumar tomar banho.
    O que será que está acontecendo.
    Me ajudem por favor.
    Eu amo muito ele.

  13. minha mulher já não é a mesma, grita quando quer, não sei o que é beijar para fazer amor tenho que pedir falta-me o respeito , quando brigamos não falamos quase o dia todo, é difícil fazermos amor não temos uma boa cooperação dentro de casa só vivemos três eu ela e minha filha. amo-lhe tanto mais ao mesmo tempo penso em me separar, não há carinho entre nos , a casa para arrumar é difícil, as vezes eu chego em casa e é que tenho de estar a limpar para ter um meio limpo e saudável não posso tocar no telemóvel dela que torna-se um problema. estou a ficar cansado, só penso na nossa filhinha de três anos de idade o que faço por favor ajudem-se eu quero que ela me de valor que me ame que goste muito de mim que façamos amor nos beijamos sempre

  14. E melhor vcs fazerem terapia do AMOR ,vai ajudat o casal a voltar ter uma vida amorosa completa dinovo com certeza vamos ,fazem um esforço,não se acomodam.invistam e salvem o casamento
    c

  15. Pode parecer estranho, dia 21/07 desse ano fizemos 3 anos de casado, tenho 33 anos e ela 35, as coisas estão um tanto estranha em casa, noto que quando ela conversa com outras pessoas ela olha nos olhos e sempre sorri, seu humor parece esta sempre acima de tudo, conversas com outras pessoas coisas que ja mais conversa comigo, coisas que eu entendo, mas porque numca fala comigo sobre, ja estou pensando em me afastar dela, sai de casa, procurar algo que eu perdi no meio do caminho, agora ela me ignora quando tento mostrar que quero ficar com ela, eu assumo meus erros e falhas, sou um homem de pouca paciencia e agitado, mas ja nao tenho tanta esperança! Pode me dar uma ideia?

    • Esse blog realmente é muito interessante rs. Ridrigo to pensando aqui, vcs conversam ou vc tenta saber o que ela pensa e ela faz o mesmo com vc? A sua esposa não parece ser bipolar, ela parece estar muito magoada com vc. Vc disse que é um homem de pouca paciência e agitado, Vc é estressado? Ou vc seria por acaso um MACHO ALFA? Aquele homem perfeito, que sabe tudo, tem razão em tudo, decide e domina tudo. Será que vc é resistente a qualquer mudança? Uma pessoa de pouca paciência geralmente é intimidadora, violenta. Será que vc é uma pessoa vingativa, que guarda ressentimentos? Por favor não pense que estou dizendo que vc é um homem que maltrata sua esposa , eu estou me referindo a sentimentos. Pq muitas vezes a violência não é física, ela é psicológica. Eu tenho escrito aqui nesse blog, mas eu falo do que eu vivo. E quando vc descreve o comportamento da sua esposa, tenho a impressão de que ela tem coisas interessantes pra compartilhar e faz isso para as pessoas que vão valorizar, que vão estar em sintonia com ela. Pq é horrível a gente conversar com alguém que só sabe criticar, só vê defeito, e quando não concorda se descontrola. E pedir desculpas, e sempre cometer os mesmos erros, isso dá uma gastura! A ideia que te dou é con-ver-sar com ela, dizer o que vc percebe, (pq ela não é advinha) e deixar que ela fale sem interrompe-la, não questione, só ouça, filtre e chegue a uma decisão. Vcs são muito jovens, e só tem 03 anos de casado, se vc a ama, e se ela tiver amor. Se, há um desejo recíproco para que esse relacionamento der certo. vcs vão se acertar.

  16. Sou casada a 23 anos e em 2013 descobri que meu marido me traiu com garota de programa do Rio,Onde é o pólo de trabalho dele,mas moramos em Minas. Ele fica 15 dias embarcado e 21 dias em casa. Ele criou um e-mais fazer e marcava encontro com essas mulheres. Quando descobri,ele mentiu falando que o e-mais era compartilhado e que outras pessoas acessavam,mentira pura,pois eu tenho gravado que o mesmo falou que o e-mais.era dele. Quando descobri ele falou que era um -mais.montagem, avacalhado,por muito pouco ñ matei. Eu me arrumo toda,compro langeries diferentes, mas nada, procuro e nada,quando vem pra casa,procura só no dia chega e acabou,aí se eu procuro ele sempre sai pela tangente ou fica a noite inteira no computador e só vem.dormir com o dia quase amanhecendo e as vezes quando procuro fazer,mas com uma má vontade. Olha mulheres peladas no computador e vai para o banheiro se masturbar. Mas comigo nada, questiono ele é o mesmo fala que já temos muitos anos de casados e que ñ é mais a mesma coisa,as vezes quando reclamo fala que se eu ñ estiver satisfeita,que a gente pode resolver separando e cada um vai pro seu canto e que eu procureceber um que me atendá,mas tentar resolver o problema nem pensar. Ñ sei se é porque ele é diabético,toda vez brocha. O médico já falou que o problema é com ele e ñ comigo e ele sabe que é considerado ele,mas ñ quer buscar tratamento. Agora desconto ri na fatura do cartão uma compra de fichas de jogatina,fui questioná-lo e ele falou que ñ comprou nada. Mentiroso. Ñ consigo confiar mais .
    Ñ tenho coragem de trair e gosto muito de sexo e gosto dele,mas está muito difícil.
    Eu gostaria de saber se ele ñ gosta mais de mim,já que quando questiono fala que tá fácil.resolver,é só separar e eu vi era minha vida. Mas ñ quero.isso.
    Ele me trata bem,ñ deixa faltar nada, todo ano viajamos pra praia,mas com relação ao sexo está uma merda. Eu entrei até em depressão por causa desta traição e destá recusa. Ele fala que já está velho,mas um homem de 47 anos,tinha que estar é com vigor todo. Sofro demais com esta situação. Ñ sei o que eu faço,tem buscado área direção de Deus,mas está difícil Ficou pensando que as vezes ele ñ me ama mais.
    Não sei mais o que fazer,me ajudem!

    • ESTOU IGUAL A VOCE GERMANIA ,FORÇAS AI

    • Eu como todos aqui, encontrei este blog, pq tenho problemas no meu relacionamento de 21 anos de casada. Mas esse blog tem me feito ter uma visão mais equilibrada das coisas. Percebo que o outro sempre estará na em uma zona de conforto, pq estando certo ou errado, eles(as) não procuram a solução. Pq o certo seria buscar juntos essa resposta, filtrando e assimilado as experiências dos outros, pra ver aonde nossas relações poderiam melhorar. Germânia, complicado tua situação. Sinceramente, pra mim ele pensa que não te ama mais. Eu digo: ele pensa. Pq o que vc descreve é um homem desmotivado no casamento, ele não tá nem aí, ele gosta de pornografia, gosta de te trair, prefere se masturbar. Ele demonstra claramente que não quer mais estar casado, que não quer estar em um relacionamento, e olha que pelo tipo de trabalho que ele tem, a lógica seria ela chegar cheio de saudades, cheio de novidades e vc demonstra que ama, vc tem expectativa da volta dele, cultiva surpresas. O relacionamento de vcs deveria ser bem legal. Pq apesar dos anos de casado o trabalho dele faz com que vcs tenham férias conjugais, faz com que vcs sintam falta um do outro. Bom como vc estar aqui pedindo uma opinião, eu não sei se vc trabalha fora, se tem alguma ocupação, ou se vc é somente do lar e além dos seus afazeres, tudo que faz é esperar por ele. Desculpe, mas ele não vê em vc nenhuma novidade, vc é sempre a mesma, por esse motivo ele te descarta, ele está em uma posição muito confortável, ele sabe que vc não vai fazer nada diferente, ele diz que quer separar, é o mesmo que dizer que ele não preciso de vc. É vc que precisa dele, é vc que fica. Eu acho incrível como muitos homens não agem com sinceridade, eles jogam uma solução e somos nós mulheres que temos que tomar a iniciativa, pq seu marido disse:”que se não estiver satisfeita, tem um jeito de resolver…” Mas ele não disse EU QUERO ME SEPARAR. Acho que vc só tem 2 opções, ou vc deixa como está, fica sofrendo, esperando que a depressão faça vc sentir raiva dele e autopiedade, ou vc conversa francamente com ele, faz ele tomar uma decisão. Pq ele joga a decisão pra vc. Nas duas opções o que vc tem a fazer é cuidar de vc. Se ame tenha bondade e respeito por vc. Pq se ele te disser quero me separar, quem sai de casa? Como fica a vida financeira? E se ele disser vc decide. Vc vai fazer o que? Ele topa buscar ajuda profissional, ou espiritual pro relacionamento de vcs? Aqui em casa o meu esposo já me disse que não quer mais estar casado, mas disse que não vai embora pq não tem pra onde ir. A casa que moramos era dos meus pais, sendo que ele fez algumas benfeitorias é uma casa muito grande tem 02 andares. Não é legal viver como estou vivendo, mas sei que se realmente eu quiser mandá-lo embora será um desgaste emocional muito grande e eu não estou preparada pra isso. Eu tenho 50 anos, fiquei desempregada recentemente, faço faculdade, faço muitos cursos online e alguns presencias, faço atividade física, me cuido, tenho amigos, procuro passear, zelo por minha espiritualidade. Não crio expectativas em relação a meu casamento, o nosso convívio é pacífico por minha causa, porque ele é um sem noção, um rebelde sem causa (tem 51 anos). Eu tentei de tudo pra gente dar certo, mas nada estava a altura dele, ele é uma pessoa muito difícil, eu aguentei até nosso filho se tornar adulto e há 01(um) ano atrás eu cansei. Talvez um dia eu o mande embora, talvez ele resolva ir, talvez a gente se acerte. Eu só sei que o meu FOCO agora é em mim mesma, eu quero me conhecer, me amar.

  17. TENHO 48 ANOS SOU CASADO HA 21 ANOS NAO TEMOS FILHOS,ISSO ADMIRAM POR ESTAR TANTO TEMPO JUNTOS E SEM FILHOS,MEU CASAMENTO FICOU UMA PORCARIA DE 2 ANOS PRA CÁ,ELA MUDOU DE RAMO DE TRABALHO E TODO DIA ESTA CANSADA,DORME CEDO,E QUANDO NAO ,SENTE DOR EM ALGUMA COISA, NAO USA ROUPA SENSUAL PARA DORMIR COMIGO ME CHAMAR ATENÇÃO,NAO LIGA PARA O QUE EU GOSTO,E FICA ATE 30 DIAS SEM TRANSAR,E SO FAZ QUANDO EU PROCURO E AINDA FAZ SEM VONTADE,ELA NUNCA FOI FOGOSA ESSAS COISAS,MAS AGORA TA PIOR ,NUNCA ME PROCURA PRA NADA,NAO NAMORAMOS,EU FAÇO TODO SERVIÇO DE CASA PRA ELA,E MESMO ASSIM NAO SOU RECONHECIDO.ME SINTO UM COVARDE POR NAO TOMAR ALGUMA ATITUDE,NAO SEI SE O QUE GOSTO POR ELA E AMOR OU COMODISMO.TO MAL ME SINTO UM LIXO DE HOMEM ,TO MEIO DEPRESSIVO,FALEI COM ELA FINAL DE 2015 PARA ELA MELHORAR O JEITO DELA NAO ME DEIXAR ASSIM TANTO TEMPO SOZINHO SEM FAZER NADA,POIS PODERIA PERDER O INTERESSE NELA ,O DESEJO,ELA FICOU ESPANTADA COM O QUE FALEI.PENSEI QUE TINHA ENTENDIDO MAS PELO JEITO NAO.TA CADA VEZ PIOR DIALOGO NAO ADIANTA MAIS POIS FALO FALO E VOLTA TUDO IGUAL.O QUE ACHAM QUE SERIA ISSO GENTE? O QUE FAÇO? A IDEIA DE DIVORCIO NAO SAI DA MINHA CABEÇA TO INFELIZ DEMAIS,MAS AO MESMO TEMPO TENHO UMA ESPECIE DE DÓ EM DEIXA LA.NO FUNDO ACHAVA QUE ELA MELHORARIA,MAS NÃO. E ELA NÃO E CHEGADA EM AGRADAR O MARIDO,SAIR DA ROTINA FAZER COISAS DIFERENTES,E SE EU FALO ALGO DO TIPO ELA BRIGA DISCORDA.ME AJUDEM POR FAVOR UM ABRAÇO.

    • Janaína coelho

      Passei 21 anos casada, hj estou separada, depois q separei passei a viver um pouco pq antes eu n sentia nada de sentimentos entre uma mulher e um homem por ele, carinho como amigo até hj tenho e confesso q esse foi o maior problema quando me separei, já q éramos muito amigos, pouco éramos marido e mulher, se ele n me procurasse eu dava graças a Deus, e se me procurasse eu fazia como obrigação, sentia em vez de prazer muita dor, hj estou com outra pessoa, confesso q n da forma que eu desejava, + sou conciente q provavelmente seja só o primeiro depois da minha separação, porém hj estou vivendo, passeando, sentindo prazer, a e o sexo q era algo horrível hoje é maravilhoso.

    • Nossa to chocada. Marcos, minha cabeça deu um nó. rs . Lógico que quando a gente expõe uma dificuldade no nosso relacionamento, nós colocamos a nossa visão, o nosso sentimento. Parece que o outro não tem razão pra ser tão difícil. O que eu quero dizer é que lendo o seu depoimento, eu fiquei me questionando: Nossa que marido legal! O que mais essa esposa precisa? Vc faz todo serviço de casa, isso demonstra o respeito que vc tem por sua esposa e como vc é presente, vc não segue a regra dos papéis tradicionais. Se bem que a lógica seria dividir as tarefas. E outro detalhe vc con-ver-sa, expõe teus sentimentos, fala do teu desejo de melhorar o casamento. Tbm acredito que esse diálogo seja de maneira educada, sem acusações, no padrão MACHO-ALFA. Eu penso que antes de vc ficar focado na ideia do divorcio, tenta esclarecer algumas coisas. Tipo: vc diz que tem 48 anos, vc não mencionou a idade dela, mas se ela tiver mais de 45 anos, pode ser que tudo isso seja fruto da chegada da menopausa, por mais que uma mulher ainda menstrue, não significa que as alterações hormonais não estejam acontecendo. Os homens não sofrem tanto com isso, mas nós mulheres passamos a ter milhares de questionamentos, mudanças biológicas. É um saco esse período! E isso impacta na nossa sexualidade e na nossa forma de lidar com o nosso parceiro. Vc diz que tem um casamento de 21 anos, algo muito bom uniu vcs por tanto tempo, e não foi somente o sexo, pq vc diz que ela não é chegada a agradar ao marido e sair da rotina. Então pela falta de sexo, vc prefere o divórcio? (na balança só tá valendo esse quesito). Também fiquei curiosa, vc sendo esse marido tão legal, qdo ela chega do trabalho, vc quer saber como foi o dia dela? Vc se importa com o trabalho dela? Vc conversa sobre os sonhos dela, desejos, expectativas? Vc faz uma massagem simplesmente pra demonstrar seu carinho e seu cuidado com ela? Vcs planejam juntos? Outro dia vi no you tube, algo bem engraçado o cara falava sobre relacionamento do casal e disse ” o homem é como forno microondas, vc ligou é pi pi pi ele tá quente e mulher não, ela é como fogão a lenha tu tem que tacar fogo de manhã, abanar de tarde, soprar a noite, ela demora a pegar fogo, mas depois que pega ela assa o churrasco a noite toda” é muito engraçado o jeito que o cara fala. Ele brinca, mas é a pura verdade. Então Marcos se vc é realmente é esse homem show de bola, que ama sua esposa, tem por ela amizade, cumplicidade, admiração, procura ajuda, leia artigos sobre a alma feminina, sobre mudanças hormonais nas mulheres, procura um retiro, uma terapia de casal. Se vc acha que ela realmente vale a pena se mexe. Agora se vc preferir o divórcio e quiser outra pessoa com certeza será maravilhoso, namorar, vc terá sexo todo dia(de manha, de tarde e de noite e até de madrugada) só que depois de alguns anos pode ser que vc tenha que passar por tudo de novo. Pq o que mais tem na internet são homens reclamando que não tem sexo, que as mulheres não sabem agradar e mulheres reclamando que os homens só querem sexo, que não estão preparados para ter um relacionamento. Espero sinceramente que vc resolva tudo, que vc e sua esposa tenham paz e equilíbrio, estando juntos ou separados.

    • Pérola, concordo com vc. As pessoas estão perdendo a paciência. As pessoas falam mas não dialogam calmamente e abertamente. Realmente é necessário a disposição para a mudança. Mas infelizmente o que vemos, é que só um lado se esforça, o outro lado não quer entender, parece não ter maturidade ou sinceridade. Não existe um consenso, a busca de um aconselhamento, um investimento, disposição de ambas as partes pra ver o relacionamento dar certo. Nos dias atuais nos deparamos com relacionamentos que não duram e relacionamentos de mais de 20 anos que se deterioram. Todos querem culpar a falta de sexo. Mas eu chego a uma conclusão. Quando um dos parceiros já não quer mais sexo, se caso não for nenhum problema fisiológico, o que existe é um acúmulo de problemas. Meses ou anos de falta de empatia, muita raiva e frustração em diversas situações do cotidiano do casal. Isso tudo é lamentável.

      • Val, as pessoas não querem se dá ao luxo de se negar a si mesma tipo, ” eu nasci assim vou morrer assim, e é se quiser”, como se alguém fosse obrigado a suportar pit’s e mal humor, sem falar que o casamento falha quando há reclamação sem fim, além de não resolver nada, ainda leva o casamento a falência …

        Mas pra tudo tem solução se ” alguém tiver disposto”, as pessoas quer encontrar tudo pronto e não é assim…

        Pra tudo tem solução, mas tem que ter disposição.

  18. Olá pessoal, já que aqui se fez uma corrente de ajuda, quem sabe possam me orientar também, pois estou perdida
    .
    Tenho 31 anos, 2 anos de casada e com a impressão de que meu casamento vai ruir…

    Com 07 meses de namoro nós noivamos, pois já tínhamos uma vida financeira estável e ambos queriam constituir família e ter nossa casa. Com 2 anos de namoro foi nosso casamento. Ou seja, todo tempo de nosso namoro foi em função da preparação para o casamento.
    Me casei feliz e consciente do que fazia, acontece que desde sempre tivemos problemas sexuais, a frequência sempre muito baixa. Só que agora isso começou a me incomodar demais. Nós ficamos 2 meses sem sexo e quando fazemos eu não sinto desejo. Não sinto desejo pelo meu marido mais e ele pouco me procura. Já tentei conversar diversas vezes com ele sobre isso e ele o pouco que fala diz que quando me procura eu nunca quero, por isso nem procura mais. Ele é o tipo do cara sossegado com sexo, parece não sentir muita falta, mas eu sinto falta de ser desejada. Acho que ele tem uma trava sexual, muita timidez, por conta de ter sido criado de forma rígida e dentro de uma religião, parece enxergar a coisa como pecado. Ele não me fala isso, mas eu percebo que isso tá no inconsciente dele.
    Enfim pessoal, não sei se resumi bem a história. Mas parece que para melhorar o casamento meu marido precisa procurar ajuda, porque eu vou sozinha sempre atras da ajuda, eu sempre inicio as conversas e ele nunca fala, ele permanece mudo e pra ele ta tudo bem. Ele ainda acha que quando eu reclamo disso é porque estou na TPM, mas não é, eu sinto essa falta todos os dias, só que não reclamo todos os dias.
    O restante das coisas no casamento parecem ir bem, afazeres de casa, rotina básica, assistimos TV juntos, reunião de amigos tudo legal, mas até quando vou viver feliz num casamento sem sexo? Parece que tenho mais um irmão em casa do que um marido. Um marido que permanece sem atitude, inerte a essa situação. Não sei se ele realmente não vê o problema ou não quer enxergar que estamos com problema.
    Isso é tão triste, 2 anos apenas e estamos assim… eu to com medo, me dá uma angustia forte só em pensar em separação.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*